domingo, 5 de abril de 2020

Novo decreto restringe acesso a áreas de recreação em Teresina; taxa de isolamento é de 60%


Para evitar ainda mais a aglomeração de pessoas nas ruas de Teresina, o prefeito Firmino Filho assinou um novo decreto suspendendo o acesso e frequência das pessoas em parques públicos municipais, áreas públicas de recreação, lazer e de práticas esportivas. Dentre elas estão as avenidas Raul Lopes e Marechal Castelo Branco, usadas frequentemente para corridas e caminhadas.
Quem for flagrado descumprindo o decreto estará sujeito a abordagens da Guarda Municipal. “As pessoas que ainda insistem fazer atividade física em muitas avenidas da capital e outros lugares abertos, poderão agora ser abordadas e dispersadas pela guarda municipal”, disse o prefeito em seu perfil no twitter.
De acordo com o decreto, a Guarda Municipal está autorizada a conter qualquer tipo de aglomeração ou grande circulação de pessoas. A medida já entra em vigor de forma imediata e deve durar enquanto estiver estabelecido o estado de calamidade pública em saúde na capital. Medidas semelhantes já foram adotadas em outros Estados e municípios, que proibiram o acesso a praias e calçadões. Os especialistas orientam um distanciamento mínimo de pelo menos dois metros entre as pessoas.



Boa notícia nesse domingo. Nossa taxa de isolamento subiu e chegou a 60%. Agora precisamos nos esforçar ainda mais para chegar a 73%, taxa considerada segura para que não repetirmos o cenário da Itália, Espanha e agora, Estados Unidos.

View image on Twitter
É para chegar nesse objetivo que assinei um novo decreto. Agora
suspendemos o acesso e frequência das pessoas em parques públicos municipais, áreas públicas de recreação, lazer, de práticas esportivas, que possam proporcionar a aglomeração de pessoas.

 “Atividade física é sim importante nesse momento. Mas podemos nos exercitar em casa. Pessoal, é uma situação temporária. Apesar de muita gente achar que não existe perigo, preciso dizer que não só existe como estimula outras pessoas a sair de casa e fazer o mesmo. Acho que todo mundo é capaz de entender isso”, afirmou Firmino.
Para evitar as aglomerações, a Guarda Municipal já fechou mais de 2 mil estabelecimentos por estarem descumprindo as determinações. 
Taxa de isolamento sobe 
Firmino comemorou ainda nas redes sociais, o aumento da taxa de isolamento na capital, que passou dos 60%. O monitoramento é feito pelo diariamente por meio de georefenciamento.
“Boa notícia nesse domingo. Nossa taxa de isolamento subiu e chegou a 60%. Agora precisamos nos esforçar ainda mais para chegar a 73%, taxa considerada segura para que não repetirmos o cenário da Itália, Espanha e agora, Estados Unidos”, explicou, lembrando que a folga de 27% que sobra na taxa de isolamento ideal deve ser ocupada por quem precisa fazer a cidade funcionar. 
“As que executam serviços essenciais. Então, meu apelo continua. Fique em casa”, declarou.


27 people are talking about t

sábado, 4 de abril de 2020

No Piauí, 13 mortes suspeitas da covid-19 ainda aguardam confirmação


O boletim de casos do novo coronavírus divulgado na noite desta sexta-feira(03) pela Secretaria Estadual da Saúde do Piauí (Sesapi) detalhou os casos suspeitos e confirmados da Covid-19 no Piauí. E destacou que ainda há 13 mortes em investigação. 
Desde o surgimento dos casos no Estado, a Sesapi investigou 30 óbitos de casos suspeitos de Covid-19, destes, quatro foram confirmados, 11 descartados, um foi confirmado para H1N1 e outro para Parainfluenza 2. Ainda há 13 aguardando resultado laboratorial.
Em relação ao número de casos de pessoas que estão hospitalizadas, a Sesapi afirma que há 35 pessoas aguardando o resultado e outras 36 já foram descartadas para a doença.
No detalhamento feito pela secretaria, dos 22 casos confirmados, 63,6% têm menos de 60 anos, ou seja, 14 pessoas e 36,4% são maiores. 68,2% são homens em um total de 15 pacientes e 31,8% mulheres, ou seja, sete. 
Em relação ao número de óbitos: dois na capital e dois no interior, a maior parte 75% eram homens. 
Teresina possui 19 casos confirmados. Os outros são Parnaíba, São José do Divino e Campo Maior. Desta vez, a Sesapi não divulgou o número de municípios com casos suspeitos.
Em relação aos curados, a Sesapi só confirma a do jornalista Marcelo Magno e disse que aguarda a orientação do Ministério da Saúde sobre como fazer esse diagnóstico, especificamente. 
“Como estamos trabalhando para aprimorar os dados do boletim, a ideia é que disponibilizemos essa informação a partir da próxima semana”, afirmou a assessoria de comunicação da instituição.


Fonte: CidadeVerde

Mais dois pacientes de Teresina testam positivo, e Piauí tem 24 casos de Covid-19


Com dois novos pacientes com teste positivo em Teresina, o Piauí chegou, neste sábado (4), a marca de 24 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. 
Os pacientes com teste positivo são um homem de 29 anos e uma mulher de 35 anos de idade, ambos fora da faixa etária do grupo de risco. 
Teresina reúne 21 dos 24 casos confirmados de todo o Piauí - os outros são de Parnaíba, Campo Maior e São José do Divino. 
Desde o último domingo (29), o Piauí acumula 13 novos casos da Covid-19, como foi batizada a doença provocada pelo novo coronavírus. Quatro pacientes morreram: 2 de Teresina, um de Parnaíba e um de São José do Divino. 
Entre os casos confirmados está o ex-deputado estadual Maurício Melo, 67 anos, internado em Teresina, mas contabilizado nos registros como vindo de Campo Maior. Outro paciente com acompanhamento médico na capital é o professor de física Cleanio da Luz Lima, da Universidade Federal do Piauí (UFPI).
Neste sábado, o Laboratório Central de Saúde Pública do Piauí (Lacen-PI) descartou 43 casos suspeitos, mantendo a média de resultados dos últimos dias. 
Mas o número de casos suspeitos continua em crescimento gradual. Agora são 293 testes com resultado pendente, seja de pacientes ou de pessoas que faleceram com sintomas da Covid-19 - até ontem, eram 13 em investigação. 

Fonte: CidadeVerde 

Comitê Científico do NE prevê aumento da Covid-19 no Piauí em 30 dias, diz governador


Por meio de live nas redes sociais na manhã deste sábado(04), o governador Wellington Dias (PT) admitiu que há subnotificações no número de casos confirmados do coronavírus no Piauí. Segundo ele, os casos de pessoas contaminadas seriam bem maiores do que os 22 confirmados por testes até agora e quatro mortes. 
Wellington Dias  (PT) pede que as pessoas fiquem em casa e não viagem na Semana Santa. Elem alerta que segundo o Comitê Científico do Nordeste,  o Piauí poderá chegar a ter os mesmos números de doentes do estado de São Paulo, daqui a 30 dias, caso o isolamento social não seja seguido.
“Algumas pessoas estão com coronavírus, mas não tem sintomas,  são assintomáticoas. O problema é que contribui para forte contaminação. Precisamos evitar de ir para ruas. Vamos ter crescimento dos casos até a primeira semana de maio. Podemos chegar aquela situação de São Paulo em 30 dias, segundo o Comitê Científico do Nordeste. Essa é a previsão para o Piauí. Poderemos ter um número elevado de pessoas contaminadas. Queremos evitar o colapso dos serviços públicos ao pedirmos que as pessoas fiquem em casa”, afirmou. 
Subnotificações
O Piauí realizou até o momento 800 testes em pessoas com suspeitas do vírus, mas segundo o governador,  para se ter o diagnóstico  real do estado, seria necessário a realização mais de 300 mil testes. O governador criticou o Governo Federal pela demora na liberação dos testes. 
“O Brasil tem 10 mil pessoas contaminadas, não é verdade. Também não é verdade que o Piauí só tem 22 contaminados. O Piauí só fez 800 exames e precisamos fazer entre 300 a 500 mil exames para ter o dado real. Cobramos do Ministério da Saúde a liberação desses testes rápidos ”, disse
Compra de Kits
 Na tentativa de ter uma dimensão real dos casos de coronavírus e diante da demora do Governo Federal em mandar os kits rápidos para o estado, o governo comprou 17 mil kits.
“Recebemos 17 mil kits para exames rápidos. Eles permitem fazer exames rápidos pela coleta de sangue. Foram 200 milhões para a aquisição desses exames. Vamos seguir com o exame tradicional onde o objetivo é ter mais eficiência. O Brasil comete um erro de não colocar as condições de se fazer os exames em tempo mais rápido. O Nordeste tomou a decisão e passou a comprar os kits rápidos onde for possível. Queremos que toda a rede de saúde dos estados e municípios, as pessoas da linha de frente, todas as pessoas que buscam a rede de saúde façam os testes, para com isso, acompanhar de forma real quem tem o coronavírus, mesmo os que não têm o sintoma”, disse. 
Semana Santa
A partir da terça-feira (07), os ônibus intermunicipais ficam impedidos de circular. A medida visa evitar que as pessoas  se desloquem durante o período da Semana Santa. 
“Os ônibus municipais não vão circular como forma de se evitar que pessoas de Teresina levem o vírus para o interior do Estado ou tragam do interior para Teresina. Na Semana Santa, é tradição de muitas pessoas visitarem os parentes. Mas volto a pedir que fiquem em casa. Sei que é algo difícil, mas devemos proteger as pessoas que amamos’, destacou. 

Fonte: CidadeVerde 

Nordeste registra novo recorde de geração solar, dis ONS


A geração solar no Nordeste atingiu nova marca inédita no dia 28 de março, de 1.465 megawatts-pico (MWp). O recorde anterior era de 1.378 MWp, observado no dia 6 de março.
A geração média registrada foi de 496 MW médios, representando 5,4% da carga da região. O recorde anterior era de 471 MW médios, atingido no dia 11 de fevereiro deste ano.
Na geração instantânea, que marca o pico da geração (1.465 MWp), registrada às 9h58, representa energia suficiente para abastecer 17,4% da carga do Nordeste.
No Brasil, a energia solar contribui com 1% do total de carga de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional (SIN).
Fonte: Estadão Conteúdo