quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Diretor da Escola explica incidente onde criança foi agredida

O Diretor da Unidade Escolar Denilde Alencar, escola localizada na cidade de Gilbués, o professor Paulo Veleda explicou em sua página pessoal do Facebook o incidente onde uma criança foi agredida.
Veja o seu relato abaixo:
Quando fiquei sabendo do incidente, pela mãe da criança, por volta do meio dia no mesmo dia do ocorrido, mandei o vigia da escola ir à casa do menino agressor, e ontem(28.10)eu, juntamente com a coordenadora da escola fomos à casa da mãe da vítima prestar apoio, depois fomos ao secretário de educação pedir que ele desse apoio à família. NÃO FOI BULLYING, segundo a vitima, tudo começou na fila de entrada, por um lugar na fila, os dois discutiram e juraram de se pegar na saída. Não foi comunicado pra ninguém da escola as ameaças. O ocorrido aconteceu mais ou menos 15 minutos depois da saída, num terreno, onde realiza-se a Expogil. Conforme boletim de ocorrência registrado pela da vítima. Hoje fizemos uma reunião na escola, onde juntamos todos: mães, vítima, agressores, Conselho Tutelar, CREAS, onde ficou acordado que as crianças voltarão a estudar, irão ter acompanhamento psicológico e apoio da Secretaria de Saúde para o deslocamento até a cidade de Bom Jesus, como também, todos os exames necessários. O aluno já esta bem.