sábado, 8 de novembro de 2014

Estado vai pagar clínicas particulares para atendimento no interior do Piauí

A partir de ontem (07), o Estado passou a financiar clínicas da rede privada e filantrópica no interior do Piauí para que elas ofereçam serviços suplementares nas áreas de exames, consultas, dentre outros. A medida foi oficializada através de chamamento público para contratualizaçãoclique aqui, que consiste na relação contratual em que o governo assume a responsabilidade de financiar o serviço, mas delega a autoridade fornecimento para outros prestadores de serviço.
Para o acordo de contratualização foram lançados quatro editais. Uma comissão analisou a documentação e exigências desse edital. “Todos os prestadores vão tão somente complementar a rede pública que já existe e é regulada. A comissão avaliou detalhe por detalhe de cada solicitação e as clínicas aptas já foram convocadas a contratualizar com a Sesapi”, explica a diretora estadual de regulação, Patrícia Batista.
De acordo com a comissão de avaliação, formada por técnicos da Diretora de Unidade de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria (Ducara), para essa contratualização, 60 instituições de saúde estão aptas a firmar o acordo com a Sesapi, todas localizadas nos municípios interior do Piauí. “A capital já é gestão plena. Então o objetivo foi contratualizar com as demais intuições presentes por todo estado a fim, inclusive, de evitar o tradicional fluxo de descolamento para Teresina”, reitera Patrícia Batista.

Fonte: Sesapi