terça-feira, 20 de janeiro de 2015

BR-235/PI: Construtora deverá receber os R$ 15 milhões "retidos" até dia 30

Conforme divulgou o Portal GP1/Blog do José Bonifácio, a Setrans (Secretaria Estadual de Transportes) deve à Construtora Sucesso, do Grupo Claudino, cerca de R$ 15 milhões, referentes à 3ª (terceira) parcela das obras de implantação/pavimentação da rodovia BR-235/PI (trecho Gilbués/Santa Filomena), iniciada no dia 20 de janeiro de 2012, mediante o convênio assinado em 31/12/2007, no valor inicial de R$ 122.290.979,33 (cento e vinte e dois milhões, duzentos e noventa mil, novecentos e setenta e nove reais e trinta e três centavos).

O montante teria sido repassado pelo MT/DNIT, na qualidade de DELEGANTE, ao Governo do Piauí/SETRANS, como DELEGADO, ainda no exercício 2014, de acordo com o que estabelece a Cláusula Sexta do Convênio nº UTI-18-00004/2007-00, firmando entre o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) e a Secretaria Estadual de Transportes (Setrans).

A BOA NOTÍCIA! - Segundo as últimas informações, os R$ 15 milhões (Quinze Milhões de Reais) que a SETRANS/Governo do Piauí deve à Construtora Sucesso há meses já estão disponíveis e deverão ser depositados na conta da empreiteira até dia 30/01 (sexta-feira).

Quem recebeu o comunicado, emitido pelo Governo do Piauí/SETRANS (Secretaria Estadual de Transportes), foi o diretor da Construtora Sucesso, empresário João Marcelo Claudino.Somos muito gratos ao novo secretário Guilhermano Pires (Transportes) e ao governador Wellington Dias, que estiveram sensíveis à situação e, sem demora, resolveram o problema.

Com isso, as obras da estrada Gilbués/Santa Filomena serão retomadas nos próximos dias e, caso não ocorra mais nenhum obstáculo, serão concluídas até 30 de junho de 2015. Vale aqui lembrar que o serviço de pavimentação se encontra na Campeira, a 11 km de Santa Filomena.Desses, em 9 quilômetros os trabalhos de terraplanagem se acham praticamente concluídos, estando quase no ponto da imprimação (impermeabilização) da base do pavimento. E nunca foram trabalhados os 2 quilômetros restantes, do Auto Posto Pires até o Rio Parnaíba.

O motivo se deve ao simples fato da Eletrobrás Piauí nunca ter mudado de local as duas redes de alta tensão que passam pelo local, apesar dos insistentes apelos da Construtora.




Dos 11 quilômetros que faltam ser pavimentados, 09 estão com os serviços de terraplanagem praticamente concluídos


Os dois últimos "bueiros" da rodovia BR-235/PI (Brejo das Éguas e Brejo da Ovelha) já se acham em fase de conclusão


KM 129: Localidade "Entre os Morros", onde a construtora só poderá trabalhar quando a Eletrobrás remover os postes

Fonte:GP1