sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

Empresário de Corrente sofre atentado na BR 135

O empresário Juvenal Cardozo, proprietário da Funerária São Pedro, sofreu um atentado na manhã desta quarta-feira (22), na BR 135, próximo ao município de São Gonçalo do Gurguéia. O autor do atentado foi o proprietário de outra funerária localizada a poucos metros do seu comércio, ambas localizadas em frente ao Hospital Regional de Corrente.
O filho do empresário conta que seu pai trafegava pela BR 135, na descida da serra próximo à São Gonçalo do Gurguéia, quando reconheceu o carro do concorrente vindo na contramão, em alta velocidade. “Ele percebeu que o motorista ia jogar o carro contra ele para bater de frente e desviou para o acostamento da contramão, colidindo com o barranco. Ainda assim, o homem jogou o carro contra o de meu pai. Depois saiu do carro com uma arma de fogo, o funcionário quo acompanhava com um facão, e disse que iria matar o meu pai. Não sei como não foi às vias de fato, pois estava determinado. Depois disse que iria primeiro à Bom Jesus matar o Roberto, que é proprietário de outra funerária, e depois voltava para matar meu pai”, relatou.
Após ter saído do local, o homem retornou após cinco minutos, desceu do carro novamente armado, disse que iria matar seu Juvenal e que iria levar o seu dinheiro. Depois tirou foto dos carros, foi até o município de Gilbués e disse que tinha se envolvido em um acidente de trânsito.
A família do empresário ameaçado afirma que não houve um incidente específico para que o homem perdesse a cabeça, mas o filho do empresário imagina que a concorrência seja um dos motivos. “Ele é uma pessoa que briga com todo mundo que tem comércio à sua volta, todos são testemunhas. Ele já disse que é diabético e não tem medo de morrer e que faz o que bem entender”, declarou.
A Polícia Militar atendeu a ocorrência.
Fonte: Portal Corrente