segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Governador diz que Força Nacional chega ao Piauí após o carnaval

O governador Welington Dias (PT) anunciou, na tarde desta segunda-feira (9), durante o lançamento da Pedra Fundamental do Centro Cultural da Escola Superior de Advocacia do Piauí (ESA-Piauí), na sede da OAB-PI, que a Força Nacional de Segurança deve chegar ao Piauí logo após o carnaval. Segundo o chefe do Executivo estadual, a população vai perceber nas ruas a presença ostensiva dos militares."As ações estão acontecendo na forma de inteligência. As policias estão trabalhando e a Força Nacional já está atuando. Isso já foi sentido no mês de janeiro com a redução da criminalidade e a prisão de quadrilhas, principalmente ligadas ao tráfico de drogas. A população irá sentir presencialmente essas ações nos próximos dias com novos mandados de busca e prisão sendo cumpridos e a chegada ostensiva da Força Nacional no final de fevereiro", declarou.
Sobre adolescentes infratores, Wellington informou que estão sendo estudadas políticas públicas para promover a ressocialização dos jovens e que analisa a criação de um centro de detenção intermediário.
"Não basta prender, são necessárias medidas na área da educação, combate às drogas e até na assistência social para que eles (adolescentes) parem de cometer crimes. Aqueles adolescentes que devem cumprir pena até atingirem a maioridade precisam de um local especifico, por isso, estamos analisando a criação desse centro intermediário para que eless não fiquem com os menores e também não seja colocado nos presídios com adultos, já que servem como escolas do crime", disse o governador.O presidente da OAB, Willian Guimaraes, declarou que a ordem também vai agir contra a violência e que está acompanhando a situação, principalmente na capital. “Esperamos que as leis sejam cumpridas, independente de ser menor ou maior. Os crimes precisam ser investigados para haver punição”, afirmou.
O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, disse que na próxima sessão do Conselho Federal vai colocar em votação, um projeto de aumento da pena para adultos que utilizarem menores em crimes e também os que foram presos acompanhados de menores.
"Vou apresentar esse projeto no Conselho Federal da OAB, porque acredito que assim haverá um desestímulo para os adultos que hoje utilizam esses menores nos crimes", declarou.
Outra ideia do presidente nacional da OAB é uma modificação no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) em relação as horas de trabalho que hoje os adolescentes são submetidos. "São apenas quatro horas por semana, isso é quase nada. Defendo que sejam quatro horas por dia, porque trabalhando e estudando vai preencher o tempo", afirmou, ressaltando outra ideia.
"Que os adolescentes que cometerem crime contra a vida tenham uma pena mais rigorosa, assim também desestimulará a prática de crimes", finalizou.
Centro Cultural
Segundo a OAB, o Centro Cultural da Escola Superior de Advocacia do Piauí (ESA-Piauí) proporcionará a instalação de uma nova biblioteca e sala de estudo e abrigará o Núcleo de Apoio ao Jovem Advogado (NAJA), um espaço físico que funcionará com escritório modelo para que os advogados em início de carreira atendam seus constituintes e utilize como apoio para sua atividade profissional.
Semana do Advogado
O presidente lança ainda no Piauí, a Semana de Valorização do Jovem Advogado. A abertura acontecerá na Sede da OAB-PI, a partir das 19 horas.
O evento tem o objetivo de identificar e discutir as principais demandas dos advogados em início de carreira e é promovido pelo Conselho Federal da OAB, em parceira com as Seccional da Ordem de todo o país.A semana contará com fóruns de discussão, workshops, palestras, lançamentos e cursos aos participantes.
Fonte: Cidade Verde