quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Prefeito de Gilbués apresenta representação criminal contra grupo de manifestantes

O prefeito de Gilbués o Sr. Francisco Pereira de Sousa, apresentou hoje (04), Representação  Criminal (DELATIO CRIMINIS) contra grupo de manifestantes em face de atos delituosos, organizados, preparados, instigados e executados pelos mentores e participantes da manifestação que ocorreu na sexta (30), na cidade de Gilbués.  Entre os crimes cometidos em tese; Obstrução indevida de via pública (BR),ainda atentado contra segurança de outro meio de transporte, capitulado no código penal, contra a liberdade pessoal, contra a paz pública, de danos e exposição de adolescente a perigo ou outros riscos(Estatuto da Criança e Adolescente). A paralisação indevida por aproximadamente 10h, além de causar grandes transtornos às pessoas da cidade ocasionou também grande mal aos viajantes que transitavam por essa BR, com crianças passando mal ,sede, fome, calor com princípio de desidratação, muito choro, sem acesso ao Hospital ou socorro imediato, perturbando e impedindo o tráfego de caminhoneiros e motoristas de ônibus que se revoltaram e ameaçaram atear fogo no ônibus que obstruía a BR,  pois, tiveram grande prejuízo econômico e financeiro.  Houve ainda a absurda obstrução da passagem de uma ambulância com paciente precisando de atendimento urgente.
Francisco Pereira de Sousa, prefeito de Gilbués

Ônibus interditando a BR-135, próximo ao Fórum

Caçamba inteditando uma passagem no bairro São José

Veículo interditando passagem atrás do Fórum