segunda-feira, 9 de março de 2015

Justiça condena traficante conhecida como Norma Sapatão a 16 anos de prisão


O Juiz Carlos Marcello Sales Campos proferiu a sentença referente à ação penal movida pelo Ministério Público contra Norma Luiza dos Santos Rodrigues, mais conhecida como Norma Sapatão, e Marina Barreira da Cunha, presas em flagrante em 2 de agosto de 2013 por tráfico de drogas.
Na casa onde moravam, foram encontrados 260 papelotes de crack, uma barra com 223.9 gramas de pasta de crack, 1 revolver calibre 32, com 4 munições, e uma moto.
De acordo com as investigações, Norma buscava a droga em Brasília e revendia em Corrente, com o auxílio de sua parceira Marina, que ajudava a embalar a droga, inclusive na presença de sua filha de 10 anos de idade. Norma já era considerada como uma das maiores traficantes da região.
Norma Luiza dos Santos Rodrigues foi condenada a 16 anos e 6 meses de prisão, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse de arma de fogo, e Marina Barreira foi condenada a 8 anos e 10 meses de prisão pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Fonte: Portal Corrente