quarta-feira, 8 de abril de 2015

Corrente: prefeito garante apoio à família de Eduardo e critica "sul maravilha"

Jesualdo Cavalcanti, prefeito de Corrente
O prefeito de Corrente, Jesualdo Cavalcanti Barros (PTB), afirmou que dará apoio à família do menino Eduardo de Jesus Ferreira, morto na última quinta-feira (2) ao ser baleado na cabeça no Conjunto de Favelas do Alemão, no Rio de Janeiro. Além de garantir apoio à família de Eduardo, o petebista avaliou que tem reduzido a saída de pessoas naturais de Corrente para São Paulo e Rio de Janeiro.
"Essa miragem do Sul maravilha, do Eldorado, de construir uma vida fora da sua cidade está desaparecendo aos poucos. Aqui mesmo você encontra famílias que moravam no Rio e em São Paulo e que estão retornando. Há uma redução do êxodo. As pessoas estão cansadas da violência", comentou. Jesualdo Cavalcanti classificou como uma tragédia a morte de Eduardo no Alemão. "Comove a população correntina principalmente pelo simbolismo que representa essa tragédia. A família correntina, como qualquer outra do Nordeste, busca o Sul maravilha e retorna hoje com o filho morto, vítima da violência", completou.
Para evitar que tragédias como essa se repitam, Jesualdo Cavalcanti afirmou que a Prefeitura está adotando ações para desenvolver o município, criar emprego e renda e fixar a população de Corrente no próprio município.
Fonte: CidadeVerde