quinta-feira, 9 de abril de 2015

Investigação sobre grilagem de terras trabalha delação premiada para "laranjas"

Investigadores que se aprofundaram nos últimos dias nos levantamentos em torno do "gigantesco esquema de grilagem" do Piauí acreditam que "laranjas" dos criminosos que juntaram fortunas com o golpe podem entrar num processo de delação premiada e entregar os mentores.

O esquema, segundo um dos investigadores, recrutou "laranjas" para esconder o dinheiro no Piauí e fora do Estado. Existem fortes suspeitas sobre a instalação de duas pizzarias, uma em Teresina e outra no Maranhão. Os estabelecimentos, segundo levantamento, estão em nome de uma empregada doméstica que não saberia sequer o endereço de "sua propriedade".

Fonte: GP1