terça-feira, 5 de maio de 2015

Campanha pretende vacinar 100% do rebanho piauiense contra Aftosa

Solenidade de Lançamento da I Etapa/2015 da Campanha de Vacinação Contra a Febre Aftosa (Foto:Marcelo Cardoso)
O governador Wellington Dias lançou nesta terça-feira (05) a Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa em todo o estado. O lançamento foi feito na Fazenda Monte Santos, na zona rural Leste de Teresina, e contou com a participação do presidente da Agente de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi), Antoniel Sousa, do diretor técnico operacional da Adapi, Élcio Leite, do secretário de Desenvolvimento Rural, Raimundo Lima, e outras autoridades.
O Piauí atualmente é um estado considerado livre da aftosa com vacinação e, de acordo com diretor presidente da Adapi, Antoniel Sousa, a meta deste ano é vacinar 100% dos animais, o que corresponde a um milhão e setecentos mil bubalinos. “A Adapi vem trabalhando forte nesse sentido. O Piauí hoje é área livre da aftosa com vacinação e no Brasil hoje só existe um estado que é livre da aftosa sem vacinação, que é o estado de Santa Catarina. Então, é uma meta que deve ser atingida não só por nós, mas também por outros estados, porém o Piauí deu um passo importante, hoje está acima da média nacional. O Ministério da Agricultura divulgou seus dados e o Piauí está bem acima daquilo que é proposto pelo Ministério, o estado atingiu a meta de 97,37%. Em nível nacional, estamos com 97%, então o Piauí além de estar livre com vacinação, atingiu uma meta superior ao nível nacional”, comenta.
O diretor técnico da Adapi, Élcio Leite, afirma que a vacinação contra a aftosa se opõe a uma perca econômica. “Os criadores precisam ter a noção de que ao vacinar o rebanho contra a aftosa, o rebanho dele ganhará na produção, ganhará na parte econômica e na valorização. O Piauí teve um início efetivo dessa campanha pela obrigatoriedade do Governo Federal a partir de 2008, quando o Piauí começou a sair de grande risco para entrar numa área de menor risco, até que chegamos a 2014 na zona livre da aftosa. O objetivo final disso é chegar no controle total da aftosa sem vacinação", completa.
O proprietário da Fazenda Monte Santo, Antônio Carlos Carneiro, explica que o gado da propriedade dele fornece leite, bebida láctea, queijo e requeijão cremoso para a região. De acordo com o empresário, ter o Piauí livre da aftosa é de total importância tanto para a saúde do gado quanto para aumentar a produção e venda dos produtos. “Vendemos nossos bezerros, vendemos nossas vacas, o comércio abriu as portas para nós e o preço também melhorou, porque tudo que é inspecionado melhora um pouco”, destaca. O governador Wellington Dias destacou a importância da participação dos criadores no processo. “Essa vacinação aqui em Teresina na região da Cacimba Velha é na verdade um ato simbólico, mas que representa muito.  Queremos que os criadores possam levar a campanha a sério, ter uma participação forte para que juntos possamos atingir  a vitoriosa campanha que vem se repetindo ao longo dos últimos anos, ou seja, hoje temos um estado livre de febre aftosa e de outras doenças, queremos prosseguir assim. Isso melhora o preço do bezerro, do garrote, do boi, da vaca, ou seja, todo mundo ganhou. Aquilo que é aplicado em vacina, ele tem de retribuição e segurança na venda de leite e seus derivados e na venda de carne”, ressalta.
Wellington Dias frisou ainda que pretende investir nas regiões do Piauí onde tem mais gado. “Queremos nesse mandato fazer  um esforço  dando solução de energia, especialmente na região onde temos maior rebanho, que é  a região de Corrente, para que possamos instalar ali um frigorífico. O desejo é fazer o Piauí voltar a ter uma capacidade maior na região que é grande produtora de carne. Também estamos tomando uma série de medidas para poder resgatar bacias leiteiras em diferentes regiões do estado. Já fiz uma primeira agenda com o Ministério de Desenvolvimento Social para retomada do Programa do Leite”, comenta.
Os criadores têm até o dia 31 deste mês para adquirir as doses e vacinar os animais. A segunda etapa da vacinação acontece no mês de novembro.
Fonte: Portal do Governo do Estado do Piauí