domingo, 21 de junho de 2015

SAÚDE quer de volta R$ 1 milhão enviado a 11 municípios

Ministro Artur Chioro e o secretário de Saúde Francisco Costa
A pedido do Ministério da Saúde, o secretário de Saúde do Piauí, Francisco Costa, determinou a instauração de Tomada de Contas Especial junto a 11 prefeituras das 224 existentes no estado, para apurar irregularidades na aplicação de recursos públicos.
Esse dinheiro, que provavelmente ganhou fins nada republicanos, é proveniente do Fundo Nacional de Saúde e era destinado a Laboratórios Regionais de Próteses Dentárias (LRPD).
A cifra total requerida pela pasta é R$ 1.045.900,00.
AS PREFEITURAS
No rol de prefeituras investigadas estão:
- Cabeceiras do Piauí;
- Caldeirão Grande do Piauí;
- Coronel José Dias;
- Corrente;
- Francinópolis;
- Itaueira;
- Jurema;
- Palmeira do Piauí;
- Parnaguá;
- São Miguel do Fidalgo;
- Sussuapara;
A Tomada de Contas Especial é um instrumento de que dispõe a administração pública para ressarcir o erário após eventuais prejuízos que lhe foram causados. Aqui o objetivo é detectar responsabilidades, uma vez que o dano já foi constatado.
Além de não se saber onde foi parar esse dinheiro não havia a correta alimentação do Sistema de Informação Ambulatorial do SUS (SAI/SUS) por parte das beneficiadas.
Até porque diante do desvio de finalidade seria impossível alimentar o tal sistema, com as devidas e corretas justificativas de gastos.
Os laboratórios foram descredenciados.

Fonte: 180graus