domingo, 27 de setembro de 2015

Prefeito Jesualdo Cavalcanti sanciona lei que reduz seu salário, do vice e secretários

O prefeito de Corrente, Jesualdo Cavalcanti, sancionou na terça-feira (24) uma lei que reduz o seu próprio salário, o do vice-prefeito e dos secretários municipais. Com a medida, que visa enfrentar a diminuição das receitas da cidade, o gestor pretende economizar cerca de R$ 70 mil mensais.
“Tivemos uma redução de receitas totais neste ano da ordem de R$ 600 mil. Para se ter uma ideia, no ano passado a parcela do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) paga no dia 10 de dezembro rendeu R$ 550 mil. A mesma parcela deste ano será de R$ 360 mil. A lei vem para enfrentar essa situação”, afirmou Jesualdo.

Com a sanção da lei, o salário do prefeito de Corrente passa de R$ 12 mil para R$ 6 mil; o vencimento do vice-prefeito foi de R$ 7 mil para R$ 3,5 mil e dos secretários passou de R$ 3,5 mil para R$ 2,4 mil. Além disso, foi extinto o cargo de Chefe de Gabinete do prefeito, que tinha status de secretaria.


Fonte: G1