segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Operação Zelotes: PF cumpre mandados no Piauí, mas um acusado consegue fugir

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (26) uma nova fase da Operação Zelotes, que investiga organizações criminosas que atuavam na manipulação do trâmite de processos e no resultado de julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais - CARF. Segundo informações da Polícia Federal, no Piauí foram cumpridos um mandado de busca e dois de condução coercitiva. Cerca de 100 policiais federais estão atuando na operação para cumprir 33 mandados judiciais no Piauí, Maranhão, Distrito Federal e São Paulo.
De acordo com as informações da assessoria de comunicação da PF em Brasília, o único mandado de prisão preventiva não cumprido foi no Piauí, pois o acusado conseguiu fugir. A polícia não dá mais detalhes sobre a Operação em âmbito local.
Esta nova etapa da operação aponta que um consórcio de empresas, além de promover a manipulação de processos e julgamentos dentro do CARF, também negociava incentivos fiscais a favor de empresas do setor automobilístico. As provas indicam provável ocorrência de tráfico de influência, extorsão e até mesmo corrupção de agentes públicos para que uma legislação benéfica a essas empresas fosse elaborada e posteriormente aprovada.
A Operação Zelotes foi deflagrada no dia 26 de março deste ano com o objetivo de desarticular organizações criminosas que atuavam junto ao Conselho Administrativo de Recursos Fiscais - CARF, causando grande prejuízo aos cofres públicos.
Os crimes investigados na operação são: Advocacia Administrativa Fazendária, Tráfico de Influência, Corrupção Passiva, Corrupção Ativa, Associação Criminosa, Organização Criminosa e Lavagem de Dinheiro.
Fonte: Polícia Federal