quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Professores estão sem receber salário em Sebastião Barros

Prefeito Nivaldo Roberto
Professores da rede municipal de ensino da cidade de Sebastião Barros denunciaram ao Ministério Público do Piauí, que estão sem receber remuneração salarial há dois meses. A Promotora de Justiça, Gilvânia Alves Viana instaurou, no dia 23 de novembro deste ano, procedimento preparatório de inquérito civil público para investigar o caso. 

Segundo a portaria nº 29, publicada no diário oficial do Tribunal de Justiça desta quarta-feira (25), se caso os relatos, referente à falta de remuneração dos servidores, que foram apresentados em ofício expedido ao Ministério Público no dia 29 de outubro, forem comprovados, a prefeitura de Sebastião Barros terá cometido ato de improbidade administrativa, bem como ilícitos penais. Para tanto, a promotora determinou que fosse expedido ofício ao prefeito Nivaldo Roberto para que ele apresente, no prazo de 15 dias, a relação completa dos professores efetivos e cópias dos comprovantes de pagamento da folha de professores referentes aos meses de agosto, setembro, outubro e novembro de 2015. 

O Sindicato dos Profissionais em Educação do Extremo Sul do Piauí (Simpespi-P), também foi oficiado para que se posicione sobre a denúncia da falta de remuneração dos professores de Sebastião Barros. 

Fonte: GP1