terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Com grande potencial para energia eólica, Piauí recebe projeto de R$ 3 bi

Executivos da Votorantim Energia estiveram na manhã desta terça-feira (12) na Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (Semar) para discutir o Projeto Eólico Ventos do Piauí, que será instalado na fronteira com Pernambuco, próximo à Chapada do Araripe. O investimento avaliado em R$ 3,3 bilhões deverá complementar outros projetos de geração de energia eólica no estado, como o Complexo Eólico Chapada do Piauí, que será inaugurado no próximo dia 14 em Simões.

“Nosso estado tem grande potencial para a geração de energias renováveis, como é o caso da eólica. Grandes grupos investidores já despertaram para isso e tem vindo se instalar aqui, como é o caso da Votorantim Energia, que tem larga experiência no setor energético no país”, disse o secretário de Meio Ambiente, Ziza Carvalho.

O Projeto Ventos do Piauí é um complexo de geração de energia eólica localizado na fronteira entre Piauí e Pernambuco. Tem potencial energético da ordem de 618MW de potência instalada. Em sua primeira fase de instalação tem investimento total de R$ 1,1 bi, com geração de 206 MW, equivalente a 45% do município de Teresina. Nas fases 2 e 3, tem previsão de R$ 2,2 bi de investimento e geração de 412MW.


Nesta primeira fase, cada um dos sete parques eólicos possui capacidade de 29,4 MW e são constituídos por 98 aerogeradores de 2,1 MW, integrando a capacidade total de 206 MW. A construção do parque tem previsão de início para o segundo semestre deste ano e deve começar a operar a partir de janeiro de 2018.

Fonte: Com informações da Semar