sábado, 9 de janeiro de 2016

MPF: quase 70% dos municípios do Piauí não possuem transparência

Um levantamento inédito feito pelo Ministério Público Federal para mapear a existência e a eficiência dos portais da transparência em todo o País acabou por trazer à tona as mazelas existentes neste cada vez mais tão necessário zelo público.
No Piauí, no que tange a prefeituras, a situação é vexatória. Ao todo 67,11% dos municípios não possuem transparência alguma em sites apropriados e criados com tal objetivo. A nota de 0 a 10, nesses casos, é a mínima possível.
“O exame levou em conta aspectos legais e boas práticas de transparência e foi feitocom base em questionário elaborado pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA). Seu objetivo é medir o grau de cumprimento da legislação, por parte de municípios e estados, numa escala que vai de zero a dez”, anuncia o MPF.
NENHUM MUNICÍPIO CHEGA A 8
Dos 224 municípios, somente o de Piracuruca ganha um certo destaque, com uma nota de 7,4.
É a mais alta de todos os portais da transparência do Piauí, superando até mesmo o portal do governo do estado, que chega a somente 7,2.
Nenhum dos portais de transparência chega a 8, portanto.
Para se ter uma ideia, o sofrível portal da transparência de Teresina, a capital, chega somente a 6,9, mas é o terceiro mais transparente do estado.
O levantamento do Ministério Público contemplou somente o poder Executivo.
INVESTIGAÇÃO
O MPF abriu dezenas de inquéritos civis para apurar a falta de transparência em prefeituras do estado do Piauí, em descumprimento à legislação federal vigente.
VEJA ABAIXO OS 20 MUNICÍPIOS QUE MAIS SE DESTACAM
transparenciamun.png


Fonte: 180Graus