terça-feira, 31 de maio de 2016

Artista gilbueense se destaca em Brasília



Ingridy Figueiredo é Piauiense, natural de Gilbués. Atualmente mora em Brasília.
                A paixão pela música começou desde a sua infância quando se inspirava em vários artistas, reproduzindo o que eles faziam.
                Nos últimos meses começou a tocar em barzinhos nas praças de Brasília e resolveu fazer o seu primeiro vídeo com o intuito de divulgar o seu talento para assim realizar o  sonho de ingressar no mundo artístico.
                E além de fã, poder virar ídolo e retransmitir para as pessoas o que realmente a música significa para ela através do seu sorriso intenso, alegria e humildade que contagia a todos.








Eletrobras combate inadimplência nas regiões Sul e Centro-Sul do Piauí

Justiça Eleitoral anula PROS das eleições municipais

Falta de CNPJ em comissões provisórias tirou o PROS das eleições municipais em praticamente todo o Piauí. A falha foi constatada pela Justiça Eleitoral na maioria das comissões provisórias organizadas no Estado, incluindo a capital. Segundo Romildo Mafra, membro da direção estadual,  em Teresina o partido está impedido de lançar candidatos e formalizar coligações. Na prática, o emergente PROS, que abriga o primeiro suplente do senador Elmano 
Férrer (PTB), Amauri Araújo, sofreu um duro golpe em suas pretenções eleitorais.

Fonte: CidadeVerde

domingo, 29 de maio de 2016

Chuvas irregulares provocam queda de até 70% na produção dos cerrados

O setor agrícola do Piauí enfrenta uma das piores crises dos últimos tempos. Os motivos são vários, mas o principal deles é a a má distribuição das chuvas durante o período de plantio nos Cerrados, o que afetou diretamente a produção. O prejuízo pode levar a uma quebra de 70% na safra 2015/2016.
O grave problema, que desestabiliza a mais importante atividade econômica do Piauí, tem preocupado os agricultores. Muitos deles correm o risco de não terem como financiar a produção da próxima safra (2016/2017). 
De acordo com dados da Conab, na safra 2014/2015 foram produzidos 1,183 milhão de toneladas de gãos de soja. A previsão para 2015/2016 era a colheita de 2,1 milhões de toneladas, mas, pelos cálculos dos produtores, a colheita só deve chegar a 676,8 mil toneladas. 
Estima-se que a produção reduzida renda R$ 792 milhões aos produtores - o que representa uma queda de R$ 1,658 bilhão no faturamento do ano. As informações são da edição 138 da Revista Cidade Verde, que já está nas bancas. 

Fonte: CidadeVerde

terça-feira, 24 de maio de 2016

Gilbués está entre as 10 cidades do Piauí que aprovaram o PMSB

O Plano Municipal de Saneamento Básico de Gilbués foi aprovado pela Câmara Legislativa  na última Sessão Ordinária,  através do Projeto de Lei: nº 133/2016 - que estabelece o Plano Municipal de Saneamento Básico , realizada em 20/05/2016, das 224 cidades do Piauí, Gilbués está entre  as 10 que aprovaram o PMSB.  O setor de Saneamento Básico no Brasil possui um marco regulatório, através da Lei nº 11.445/2007, a Lei Nacional do Saneamento Básico, que estabelece as diretrizes nacionais para o Saneamento Básico, as quais devem ser implementadas em todas as cidades do País. A aprovação do PMSB credencia o município de Gilbués a apresentar projetos junto ao Governo Federal na área que abordem os componentes do Saneamento Básico: Abastecimento de Água, Esgoto Sanitário, Resíduos Sólidos e Drenagem e Manejo das Águas Pluviais. O Plano Municipal de Saneamento Básico de Gilbués dispõe sobre os Programas, Projetos e Ações previstas para curto, médio e longo prazo (em até 20 anos) a serem realizados para melhoria da qualidade de vida da população local, bem como a adaptação as novas determinações federais de meio ambiente e saneamento básico.

A preparação do PMSB de Gilbués teve início em outubro de 2011. Dentre os projetos prioritários do município de Gilbués para serem contemplados com a aprovação do PMSB estão a revitalização do Brejo, construção do aterro sanitário; acabando com o lixão, perfuração de poços artesianos, tanto na zona urbana quanto na zona rural, dentre outros.

A Lei:

Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB)
Com a publicação da Lei n.º 11.445/2007, a Lei de Saneamento Básico, todas as prefeituras têm obrigação de elaborar seu Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Sem o PMSB, a partir de 2014, a Prefeitura não poderá receber recursos federais para projetos de saneamento básico.
O saneamento básico foi definido pela Lei n.º 11.445/2007 como o conjunto de serviços, infraestruturas e instalações operacionais relativo aos processos de:
a) abastecimento de água potável;
b) esgotamento sanitário;
c) manejo de resíduos sólidos;
d) drenagem e manejo das águas pluviais urbanas.
Ou seja, o PMSB deve abranger as quatro áreas, relacionadas entre si. O documento, após aprovado, torna-se instrumento estratégico de planejamento e de gestão participativa.
Elaborado pelos técnicos da Prefeitura, com o apoio da sociedade, o PMSB deve ser aprovado em audiência pública. As audiências são o fórum de discussão da proposta da Prefeitura e para apresentação de sugestões e reivindicações.
Após as discussões com a comunidade, o PMSB deve ser apreciado pelos vereadores e aprovado pela Câmara Municipal.
Aprovado, o PMSB passa a ser a referência de desenvolvimento de cada município, estabelecidas as diretrizes para o saneamento básico e fixadas as metas de cobertura e atendimento com os serviços de água; coleta e tratamento do esgoto doméstico, limpeza urbana, coleta e destinação adequada do lixo urbano e drenagem e destino adequado das águas de chuva.
Mais informações no site do Ministério das Cidades: www.cidades.gov.br



Tribunal de Justiça afasta prefeito Jabes Lustosa Júnior

Jabes Lustosa Nogueira
O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) afastou por 180 dias o prefeito de Formosa do Rio Preto, Jabes Lustosa Nogueira Júnior (PDT), piauiense de Corrente e filho do ex-procurador de Justiça do Ministério Público do Piauí, Jabes Lustosa Nogueira, falecido em 2012. 

A sentença, publicada nesta terça-feira (24), acata ação que acusa o gestor de atos lesivos à prefeitura ao contratar empresa “fantasma” para serviços gráficos. De acordo com o Portal da Transparência do Município, há existência de gastos de mais de R$ 1 milhão em aquisição de material gráfico.

Ainda segundo a decisão judicial, a empresa delegada para o serviço gráfico teria como sede a cidade de Catolândia, no entanto há “fortes indícios de não existir qualquer empresa no endereço fornecido à Junta Comercial”. O afastamento de Jabes foi determinado pela Câmara Especial do Extremo Oeste do TJ-BA, com sede em Barreiras. 
O vice-prefeito, Gerson Bonfantti, assume o Executivo municipal.

Fonte: GP1

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Governador decreta sexta (27) ponto facultativo

Wellington Dias 
Em virtude do feriado de quinta-feira (26), dia de Corpus Christi, o governador Wellington Dias decretou ponto facultativo na sexta-feira (27) para todos os órgãos e entidades da Administração Pública Estadual Direta, Indireta, Autárquica e Fundacional, do Poder Executivo.
A medida visa proporcionar aos servidores públicos a possibilidade de cumprir obrigações religiosas, bem como o deslocamento dos mesmos para outras regiões, como é de costume. Caberá aos dirigentes dos órgãos e entidades a preservação e o funcionamento dos serviços essenciais.
O Decreto, de nº 16.594, foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (23).

Fonte: CCOM

sábado, 21 de maio de 2016

Vítima de estupro coletivo no Sul do PI tem alta após avaliação psicológica

A adolescente de 17 anos, vítima de estupro coletivo em Bom Jesus, no Sul do Piauí, recebeu alta na tarde deste sábado (21) após avaliação psicológica. Segundo os médicos, a garota sofreu escoriações pelo corpo e estava bastante abalada, depois de ter sido abusada sexualmente por um jovem de 18 anos e mais quatro adolescentes.
"Ela deu entrada no hospital durante a madrugada de sexta-feira, com sinal de embriaguez e raladuras no corpo. Mesmo depois do atendimento médico, a adolescente mostrou-se bastante nervosa e precisou de acompanhamento psicológico. Somente depois de uma avaliação dos psicólogos e dos conselheiros tutelares, a vítima recebeu alta", revelou a psicóloga Glícia Moura.
A vítima de estupro estava internada no Hospital Regional Manoel de Sousa Santos, em Bom Jesus. Ainda de acordo com psicóloga, a adolescente encontra-se com o quadro de saúde estável e deve fazer o acompanhamento multidisplinar em casa.
"É uma situação delicada. Sabemos que ela não sofreu sequelas físicas mais graves, mas nesses casos é comum a vítima apresentar um estresse pós-traumático. Por esse motivo vamos continuar acompanhando a adolescente", contou a especialista.
Embriaguez da vítima
O delegado Aldely Fontineli afirmou que o jovem de 18 anos e mais quatro adolescentes suspeitos de cometerem estupro coletivo se aproveitaram de uma briga amorosa e da embriaguez da vítima, uma adolescente de 17 anos, para cometer o crime na madrugada de sexta-feira (20).

Conforme a polícia, a garota foi encontrada por populares dentro de uma obra abandonada. Ela estava amarrada e teria sido amordaçada com a própria calcinha.  Já os suspeitos foram detidos em suas residências e negaram participação no estupro.
O jovem de 18 anos foi preso em flagrante e será encaminhado para penitenciária. Enquanto os menores apreendidos serão transferidos para Teresina, onde devem cumpri medida socioeducativa.
Fonte: G1

Suspeito de participar de estupro coletivo é preso em Bom Jesus

Um homem foi preso na cidade de Bom Jesus, nesta sexta-feira (20), acusado de participar de um estupro coletivo contra uma adolescente de 17 anos, ocorrido durante a madrugada.   Outros três menores de idade são suspeitos de participação no crime e também foram apreendidos. 

A prisão de Roberto Silva de Oliveira foi efetuada pelas polícias Civil e Militar, após investigação do caso. Ele e os adolescentes K.S.S., W.O.R.J, B.D.F e M.V.A estupraram a garota após a mesma ingerir bebida alcoólica.
 
De acordo com a polícia, todos estavam numa obra abandonada no centro da cidade, já por volta das 00h00, quando a menor embriagou-se e foi abusada sexualmente pelos demais. 
 
A vítima foi encontrada seminua, amarrada e amordaçada com uma sua própria peça íntima. Ela foi socorrida por populares que ouviram barulho estranho vindo da obra. 
 
A adolescente encontra-se internada no Hospital Municipal de Bom Jesus e está sendo acompanhada por uma equipe médica multidisciplinar. Agora a polícia vai investigar a participação efetiva de cada um dos acusados para devida autuação. 
 
Fonte: GP1

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Justiça recebe denúncia contra o ex-prefeito de Parnaguá, Edson Luiz Guerra

A Justiça Federal recebeu denúncia contra o ex-prefeito de Parnaguá, Edson Luiz Guerra Melo, acusado pelo Ministério Público Federal de supostas irregularidades na aplicação de verbas do FNDE (entre 1997 e 2000).

Segundo o MPF, Edson Luiz Guerra de Melo não comprovou a correta aplicação dos recursos que deveriam ter sido empregados no Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), sendo, por isso, denunciado como autor do suposto crime tipificado no art. 1º, I, do Decreto-Lei 201/67 (apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio).

O juiz Agliberto Gomes Machado, da 3ª Vara Federal da Seção Judiciária do Piauí, recebeu a denúncia em 04 de abril de 2016 e determinou a citação do ex-prefeito para responder à acusação no prazo de 10 dias.

Se condenado Edson Luiz Guerra de Melo poderá pegar até 12 anos de cadeia.

Ex-prefeito já foi condenado
O ex-prefeito já foi condenado quatro vezes em ações ajuizadas pelo MPF. Foram três condenações em ações penais e uma em ação de improbidade.

Outro ladoO ex-prefeito Edson Luiz Guerra Melo não foi localizado para comentar o caso. 

Fonte: GP1

Banco do Nordeste executa dívida contra ex-prefeito Benigno Ribeiro

Ex-prefeito Benigno Ribeiro
O Banco do Nordeste está executando dívida contra o ex-prefeito de Corrente, Benigno Ribeiro, por conta de uma nota de crédito rural no valor de R$ 37.888,84 (trinta e sete mil, oitocentos e oitenta e oito reais e oitenta e quatro centavos). A dívida se encontra vencida desde 22 de agosto de 2015. A ação de execução foi ajuizada na Comarca de Corrente em 06 de abril de 2016. Na ação o Banco pede a penhora, caso não seja efetuado o pagamento, "de tantos bens quantos bastem para garantia da execução".

Fonte: GP1

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Polícia Civil apresenta o balanço de operação em Curimatá

A Polícia Civil do Piauí, através do GRECO (Grupo de Repressão ao Crime Organizado), apresentou, na manhã de hoje (18), o balanço final da operação realizada em Curimatá, após a explosão de uma agência do Banco do Brasil. A ação resultou da desarticulação de uma quadrilha especializada em assaltos a bancos, com a prisão de cinco pessoas. Outros cinco suspeitos foram mortos em confronto com a polícia e três seguem foragidos. De acordo com o comandante de Policiamento do Interior, coronel Paulo de Tarso, os criminosos já tinham vasta experiência em ataques a instituições financeiras e eram treinados para progressão na Caatinga. “A Polícia Federal já tinha informações importantes sobre esses assaltantes e tudo nos foi repassado. Os suspeitos são de famílias que sempre tiveram ligação com este tipo de crime e receberam um treinamento de como se esconder e sobreviver no mato, o que dificultou um pouco nosso trabalho”, explica o coronel. A região onde ocorreu o confronto com a polícia fica entre Curimatá, Avelino Lopes e Morro Cabeça no Tempo. Segundo o coronel Josué Saraiva, comandante do Grupamento Aéreo (GTAP), que deu apoio nas buscas, aquela área é bastante inóspita em termos, com escassez de alimentos e água. “São trechos em que a gente percorre quilômetros sem achar uma moradia, e isso dificultou um pouco a fuga deles, que não tinham pontos de apoio”, resume o coronel Saraiva.
Uma das características da quadrilha que mais chamou a atenção da polícia foi o poder de fogo. Com os criminosos, foram apreendidas submetralhadoras, quatro fuzis e várias pistolas. Esse armamento, segundo o BOPE, utiliza munição supersônica, de alta potência, que causa lesões graves quando atingem o corpo humano. O major James Sean, comandante do Batalhão, explica que esse tipo de arma geralmente vem de outros países e entra no Brasil de forma ilegal. Com relação à apreensão em dinheiro, o valor encontrado com os presos é bem pequeno em relação à quantia que geralmente se consegue em um assalto a banco. A informação é do delegado Gustavo Jung. “Nós ainda não contamos quanto foi recuperado, mas é bem pouco perto do que eles conseguiram levar com o roubo. Acreditamos que o restante do dinheiro esteja em poder dessas três pessoas que ainda seguem foragidas”, finaliza o delegado. 

Mortes
O coronel Paulo de Tarso, comandante do Interior, rebateu as acusações de que a polícia estaria executando sumariamente os envolvidos no assalto ao banco. Ele explica que a PM agiu como deveria numa situação de confronto com criminosos, e destacou que os suspeitos declararam aos reféns que não iriam se entregar em momento algum. “Eles confrontaram a polícia e disseram que iriam resistir até o fim. Consequentemente, houve o confronto, mas o nosso objetivo não é matar. É prender. Agimos dentro da lei. Quem ultrapassou os limites da lei foram eles”, afirmou o coronel.


Fonte: Portal O Dia



segunda-feira, 16 de maio de 2016

Segurança terá mais duas aeronaves para combate no assalto a bancos

O governador Wellington Dias autorizou, a aquisição de duas novas aeronaves para a Segurança Pública do Piauí. A proposta é que que esses equipamentos sejam destinados para o interior do estado a fim de dar uma resposta ainda mais rápida em situações como os assaltos a banco. A definição foi feita durante audiência com o secretário de Estado da Segurança, Fábio Abreu Costa, na manhã desta segunda-feira (16).
Além da aeronave, o projeto levado pelo secretário contempla ainda a logística e instalações adequadas nas cidades que receberão os equipamentos. Os recursos vêm por intermédio de operação financeira junto ao Fundos de Investimentos da Amazônia (Finam) e da parceria entre os governos federal e estadual.
“É de interesse do governador ampliar a cobertura do estado com aeronaves. No projeto autorizado esta manhã, vamos centralizar nosso helicóptero em Teresina e os novos serão levados para Parnaíba e para a região de Picos ou Bom Jesus. Assim, teremos uma rápida resposta para ações como assalto a bancos, por exemplo”, explicou Fábio Abreu.
A pedido do governador, o secretário da Segurança fez a entrega do projeto autorizado para o superintendente de Cooperação Técnico Financeira da Secretaria de Estado do Planejamento, Sérgio Miranda, para dar prosseguimento aos trâmites de aquisição das aeronaves.
“Esse processo junto ao Finam que precisa da autorização da Assembleia Legislativa, onde acredito que terá todo o apoio dos deputados. Cada aeronave custa em torno de R$ 15 milhões, mas com toda a infraestrutura necessária deve chegar a R$ 40 milhões. Assim, estamos dando um passo importante para termos, o mais breve possível, um sistema operacional aéreo mais forte para o Piauí”, concluiu Abreu.
 Wellington Dias, governador   e Capitão Fábio Abreu

Fábio Abreu nega ordem de execução e garante combate a "Novo Cangaço" no Piauí

Capitão Fábio Abreu secretário de segurança do Piauí
O secretario de segurança pública do Piauí, Fábio Abreu, negou que exista alguma orientação para execução de qualquer membro da quadrilha criminosa, denominada "Novo cangaço", que assaltou há duas semanas o Banco do Brasil de Curimatá, a 775 km de Teresina. Em entrevista para o Jornal do Piauí desta segunda-feira (16), o gestor afirmou que a polícia do Piauí vai trabalhar juntamente com a do Pernambuco e da Bahia para erradicar as ações criminosas do bando.
A polêmica sobre uma possível ordem de execução por parte da polícia surgiu após a divulgação de um vídeo supostamente gravado pela mãe de um dos suspeitos do assalto, realizado no último dia 5. No vídeo, a mulher pede a polícia piauiense que poupe a vida do seu filho.
"Estive pessoalmente no terreno e a orientação passada não é essa. Nós não passamos orientação a nenhum policial nosso para matar uma pessoa somente por matar. Nosso objetivo é cumprir a lei, para que eles sejam presos e apresentados à justiça", afirmou o secretario. 
Sobre o áudio, divulgado pelo Cidadeverde.com no último sábado (14), que contém graves e explícitas ameaças a policiais militares do Piauí, da Bahia e de Pernambuco, envolvidos na captura dos suspeitos, Fábio Abreu garante que já estão sendo tomadas providências, como o aumento do policiamento na região.
Na gravação, um homem diz que o "Novo Cangaço" vai matar qualquer policial que estiver na rua e que vão voltar para assaltar o banco da cidade. O áudio, de pouco mais de dois minutos, diz que o grupo vai voltar à cidade piauiense para vingar a morte dos cinco companheiros vitimados em confronto com a polícia.
"Temos uma corporação muito unida, não há essa questão de rivalidade com criminosos, nosso objetivo é cumprir a lei. Nós não vamos deixar o "Novo cangaço" se estabelecer no Piauí, Pernambuco ou Bahia como eles pensam em fazer. Vamos reprimi-los para que garantir que a população tenha segurança", finalizou Fábio Abreu.

Fonte: CidadeVerde

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Chefe de quadrilha que explodiu banco de Curimatá é 5º morto

Mais um envolvido na explosão e tentativa de assalto ao Banco do Brasil de Curimatá, no Sul do Piauí, foi morto na manhã desta sexta-feira (13). Denilton Araquan era o chefe da quadrilha e foi morto após reagir a ação dos policiais. Ele foi o quinto assaltante morto pela polícia. No dia do crime, um deles morreu; na terça-feira (10), outros dois morreram; e na quinta-feira (11) também morreu mais um. Policiais do Piauí, Bahia e Pernambuco estão na zona rural de Morro Cabeça no Tempo, em diligências desde o dia do assalto a fim de capturar os suspeitos do crime. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), outros três acusados seguem foragidos, mas estão cercados pela polícia. Além dessas mortes, seis deles foram presos. A quadrilha era composta por 14 pessoas. No começo da tarde de hoje (13), a SSP atualizou os nomes dos cincos mortos. São eles: Anaxandro Pereira Matias (Bahia); Edvan José dos Santos, conhecido como Van Van Araquan; Edenilton Aquino do Nascimento, conhecido como Patrão ou Denilton Araquan (Bahia); Everton Diego Moreira, conhecido como Tom, Cego, Ceguinho e Cícero Augusto Freire Rodrigues (Pernambuco).
Denilton Araquan


Policiais em diligências após tentativa de assalto ao Banco do Brasil de Curimatá


quinta-feira, 12 de maio de 2016

Quarto suspeito de explosão ao BB de Curimatá morre em confronto com a PM

Polícias Civil, Militar e GTAP continuam na região em busca dos criminosos (Foto: Divlgação/Polícia Civil)

Pela terceira vez, policiais militares voltaram a trocar tiros com os bandidos que participaram da tentativa de assalto ao Banco do Brasil de Curimatá, Sul do Piauí, na semana passada. Na ação, que ocorreu na tarde desta quinta-feira (12), mais um dos suspeitos de envolvimento com a quadrilha foi morto. Até o momento, o número de criminosos mortos em confronto com a polícia, em relação a esse caso, chega a quatro. Além disso, seis pessoas foram presas.

Neste último confronto, a Polícia Civil do Piauí conseguiu apreender um arsenal de armas de grosso calibre, muita munição e dinheiro, que os envolvidos no crime deixaram para trás. Além disso, três carros e uma motocicleta foram recuperadas. Equipes da Polícia Civil, Militar e Gtap continuam na região na busca dos outros quatro suspeitos que ainda continuam foragidos. De acordo com o coronel Paulo de Tarso, comandante de Policiamento do Interior, os suspeitos foram interceptados em uma barreira montada pela polícia na periferia da cidade de Morro Cabeça no Tempo, a 874 km ao Sul de Teresina.

"Houve uma nova troca de tiros, um dos suspeitos morreu e os outros conseguiram escapar e seguem sendo perseguidos pelas forças de segurança da região", disse. O coronel informou ainda que o suspeito morto nesse último confronto é primo de outro homem que morreu no primeiro tiroteio. "O bando é formando por pessoas da mesma família, todos com histórico de assaltos a bancos. Esses criminosos são experientes em fuga pela mata, mas os policiais são mais preparados", afirmou Tarso.

Primeiro confronto
A primeira troca de tiros entre bandidos e policiais ocorreu quando oito homens fortemente armados com fuzis explodiram a agência do Banco do Brasil da cidade de Curimatá, a 775 km de Teresina, na madrugada do dia 5 desse mês. Durante perseguição, um dos assaltantes acabou sendo morto em troca de tiros.

Segundo tiroteio
Na noite de segunda-feira (9), os suspeitos foram interceptados em uma barreira montada pela polícia, houve uma nova troca de tiros na mesma região e dois homens morreram. Com isso, o número de assaltantes mortos chegou a quatro e cinco pessoas foram presas sob suspeita de dar apoio para a quadrilha.
A tentativa de assalto
Oito homens fortemente armados com fuzis explodiram a agência do Banco do Brasil da cidade de Curimatá. O crime aconteceu durante a madrugada do dia 5 de maio. Em perseguição contra os suspeitos, um dos assaltantes acabou sendo morto em troca de tiros com os policiais. A mesma agência já havia sido alvo de criminosos há dois anos, quando um bando também explodiu o local.
Polícia recupera armas de grosso calíbre, munição
e dinheiro (Foto: Polícia Civil)



Fonte: G1

Duas pessoas são presas suspeitas de ação em banco de Curimatá

Agência do Banco do Brasil de Curimatá
Mais dois homens envolvidos na tentativa de assalto ao Banco do Brasil de Curimatá, ocorrido no último dia 05 de maio, foram presos nessa quarta-feira (11) durante diligências realizadas pelas polícias do Piauí em conjunto com a força de segurança da Bahia e Pernambuco. De acordo com o secretário de segurança pública do Piauí, Fábio Abreu, um homem foi preso ao tentar recuperar um dos assaltantes que estava no cerco policial. “Nós fizemos alguns levantamentos e a nossa equipe conseguiu chegar até essa pessoa que a gente chama de ‘cavalo’, que é quem dá o apoio nas ações do bando. Ele foi tentar fazer o resgate de um dos envolvido diretamente no crime, utilizando uma moto, quando foi feita a prisão dos dois”, explicou. O secretário Fábio Abreu confirmou também que se deslocou para a região de Curimatá, onde participa das ações da polícia na tentativa de chegar ao restante do bando, que segundo ele, ainda possui seis homens cercados na mata. “O trabalho continua com a participação das polícias especializadas da Bahia, Pernambuco e do Piauí”, comentou.
 
Capitão Fábio Abreu


Fonte: GP1

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Ex-prefeito de Sebastião Barros, Geraldo Machado é preso em Minas Gerais

Geraldo Mineiro
A Polícia Civil do Piauí, através do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança, em conjunto com Polícia Civil de Minas Gerais, prendeu, nesta quarta-feira (11), o ex-prefeito do Município de Sebastião Barros, Geraldo Eustáquio Machado, conhecido como Geraldo Mineiro, acusado de estupro de vulnerável. A prisão ocorreu na cidade de Unaí após um longo trabalho policial. 

A prisão foi efetuada em cumprimento a um mandado, decorrente de sentençacondenatória com pena fixada em 8 anos de prisão em regime semiaberto, expedido pela 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí no dia 08 de maio de 2015.

A Secretaria de Segurança informou que o ex-prefeito Geraldo Mineiro vai ser recambiado ao Piauí e detido na Penitenciária Major César, onde ficará a disposição da Justiça Criminal. 


Entenda o caso


O ex-prefeito já havia sido condenado pelo Tribunal de Justiça do Piauí, em 2011, por crime de pedofilia contra uma menor de 8 anos de idade, filha do ex-vereador conhecido como Gutão, que foi Presidente da Câmara do Município de Corrente, a 874 km de Teresina, na região sul do Piauí. 

De acordo com a mãe da criança, o abuso teria acontecido em uma viagem com o ex-prefeito, onde, durante o trajeto, Geraldo Mineiro pediu que a mulher assumisse a direção do veículo e ficou sozinho no banco de trás do carro com a menina. 

Fonte: GP1

terça-feira, 10 de maio de 2016

Polícia mata mais dois bandidos que participaram de tentativa de assalto ao BB de Curimatá

Agência do Banco do Brasil de Curimatá
Na tarde desta terça-feira (10), a Secretaria de Segurança do Piauí (SSP) confirmou a morte de mais dois acusados de tentarem assaltar o Banco do Brasil de Curimatá, no sul do Estado. Na madrugada de hoje, os mesmos foram perseguidos após fazerem duas pessoas reféns e trocarem tiros com a polícia.

Os dois criminosos foram mortos durante troca de tiros com policiais, no final da manhã de hoje, na zona rural da cidade de Morro Cabeça No Tempo. Segundo a assessoria de imprensa, os policiais encontraram dois fuzis com eles.

Além desses, outros acusados estão cercados por policiais do Piauí, Pernambuco e Bahia em uma mata, na região de Curimatá. A operação policial acontece após os mesmos reagirem à tentativa de prisão. Até o momento, quatro pessoas morreram e quatro estão presas sob acusação de dar apoio aos assaltantes. 


Relembre o caso 

No início da madrugada da última quinta-feira (05), uma quadrilha interestadual explodiu a agência do Banco do Brasil da cidade de Curimatá, região sul do Estado. Durante confronto com a polícia dois criminosos acabaram mortos.

Segundo o secretário de segurança, Fábio Abreu, a Polícia Civil do Piauí recebeu informações que um grupo de assaltantes da Bahia havia se deslocado para região sul piauiense e, desde então, foram deslocadas equipes para fazer o mapeamento dos possíveis locais que o bando poderia atuar. 

Até o momento quatro pessoas estão presas, entre elas, o vigilante de uma escola e um pré-candidato a vereador da cidade de Avelino Lopes, a cerca de 48 km de Curimatá.

Fonte: GP1