terça-feira, 3 de maio de 2016

TCU reprova contas e condena ex-prefeito Gordo do Tomate

O Tribunal de Contas da União julgou irregulares as contas do ex-prefeito de Curimatá, José Arlindo da Silva Filho, conhecido como “Gordo do Tomate”, na tomada de contas especial instaurada pela Gerência Nacional de Execução Financeira de Programas na Superintendência Nacional de Administração Financeira da Caixa Econômica Federal, diante da não aprovação da prestação de contas do Contrato de Repasse nº 019556083/2006, cujo objeto consistia na construção de uma praça de esportes (estádio e atletismo).

“Gordo do Tomate” foi condenado a devolver o valor de R$ 213.953, 47 atualizado monetariamente e acrescido de juros de mora, calculados desde as datas das liberações até o efetivo recolhimento e ainda foi multado em R$ 100.000,00, sendo fixando o prazo de 15 dias para o pagamento.

A sessão do TCU ocorreu em 26 de abril de 2016.

Fonte: GP1