sábado, 21 de maio de 2016

Vítima de estupro coletivo no Sul do PI tem alta após avaliação psicológica

A adolescente de 17 anos, vítima de estupro coletivo em Bom Jesus, no Sul do Piauí, recebeu alta na tarde deste sábado (21) após avaliação psicológica. Segundo os médicos, a garota sofreu escoriações pelo corpo e estava bastante abalada, depois de ter sido abusada sexualmente por um jovem de 18 anos e mais quatro adolescentes.
"Ela deu entrada no hospital durante a madrugada de sexta-feira, com sinal de embriaguez e raladuras no corpo. Mesmo depois do atendimento médico, a adolescente mostrou-se bastante nervosa e precisou de acompanhamento psicológico. Somente depois de uma avaliação dos psicólogos e dos conselheiros tutelares, a vítima recebeu alta", revelou a psicóloga Glícia Moura.
A vítima de estupro estava internada no Hospital Regional Manoel de Sousa Santos, em Bom Jesus. Ainda de acordo com psicóloga, a adolescente encontra-se com o quadro de saúde estável e deve fazer o acompanhamento multidisplinar em casa.
"É uma situação delicada. Sabemos que ela não sofreu sequelas físicas mais graves, mas nesses casos é comum a vítima apresentar um estresse pós-traumático. Por esse motivo vamos continuar acompanhando a adolescente", contou a especialista.
Embriaguez da vítima
O delegado Aldely Fontineli afirmou que o jovem de 18 anos e mais quatro adolescentes suspeitos de cometerem estupro coletivo se aproveitaram de uma briga amorosa e da embriaguez da vítima, uma adolescente de 17 anos, para cometer o crime na madrugada de sexta-feira (20).

Conforme a polícia, a garota foi encontrada por populares dentro de uma obra abandonada. Ela estava amarrada e teria sido amordaçada com a própria calcinha.  Já os suspeitos foram detidos em suas residências e negaram participação no estupro.
O jovem de 18 anos foi preso em flagrante e será encaminhado para penitenciária. Enquanto os menores apreendidos serão transferidos para Teresina, onde devem cumpri medida socioeducativa.
Fonte: G1