domingo, 10 de julho de 2016

Feminicídio: mulher é assassinada em plena rua por companheiro em Corrente

Kátia Regina Alves de Souza 
Mais uma mulher foi vítima de um brutal crime passional na cidade de Corrente na noite deste sábado, 9 de julho. Kátia Regina Alves de Souza, de 33 anos, foi morta com golpes de faca pelo seu companheiro, Erico da Silva Tomaz, 25 anos, por volta das 23h30 na Rua Desembargador Amaral, na altura do Gás Butano.
De acordo com familiares, Kátia estava em um bar com um casal de amigos quando iniciou a discussão com o companheiro. “Disseram pra gente que ele agarrou ela pelos cabelos e disse que naquela noite alguém ia morrer, ou ele ou ela, e que saiu do bar arrastando e agredindo ela. Ninguém fez nada, não tentaram defender ela, não chamaram a polícia, se alguém tivesse feito qualquer coisa ela poderia estar viva”, declarou a irmã Regina, aos prantos, cercada pelas filhas da falecida.
Ainda segundo a irmã, Kátia estava com Erico há apenas seis meses e já tinha se separado dele uma vez, mas resolveu dar uma segunda chance.
De acordo com o delegado de plantão, Ramon Brito Cavalcante, o acusado foi preso em flagrante pela Polícia Militar 40 minutos após o crime e conduzido à Delegacia Regional de Corrente. Cavalcante informa ainda que Erico da Silva Tomaz será indiciado pelo crime de feminicídio, de acordo com o Art. 121., parágrafo 2º, inciso 6 do Código Penal, podendo ser condenado de 12 a 30 anos de prisão.
Sobre a natureza do crime, o delegado opina que a região necessita urgentemente de uma delegacia de atendimento especializado à mulher. "Em Bom Jesus nós já temos uma delegada para atender exclusivamente casos relacionados à Lei Maria da Penha e a nossa região também necessita de um atendimento especializado, o volume de casos relacionados à violência doméstica é muito grande", reforça.
Kátia Regina Alves de Souza deixa duas filhas, uma de 15 e outra de 17 anos, e duas netas. 
Erico da Silva Tomaz

Fonte: Portal Corrente