terça-feira, 30 de agosto de 2016

CGJ conclui organização e transferência de acervo de Monte Alegre para Gilbués

Fórum de Gilbués
Equipes da Corregedoria Geral da Justiça do Estado do Piauí (CGJ-PI) concluíram os trabalhos de organização e transferência do acervo vivo comarca de Monte Alegre para a comarca de Gilbués, e de organização do novo arquivo judicial, localizado no Fórum de Monte Alegre. As atividades fazem parte do processo de agregação de comarcas aprovado recentemente pelo Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (TJ-PI). Nesta semana, as equipes estão realizando a organização e transferência de acervo de Redenção do Gurguéia para Bom Jesus.
A transferência do arquivo vivo foi executada pela equipe da Central de Apoio às Secretarias (Ceas), em parceria com equipe indicada pelo Gabinete da Presidência do TJ-PI, visando à redistribuição do acervo processual em trâmite na comarca agregada de Monte Alegre para a comarca agregadora de Gilbués.
Todos os processos da comarca agregada foram manuseados e posteriormente remetidos em forma de lotes à comarca agregadora. Após o recebimento de cada processo na comarca de Gilbués, a equipe da Ceas realizou sua triagem, organização e localização no sistema Themis e em escaninhos específicos.
Com a agregação, o arquivo judicial da comarca de Gilbués passou a se localizar no Fórum de Monte Alegre. Por conta disso, a equipe responsável pela organização do novo arquivo judicial realizou a remoção do acervo processual arquivado de Gilbués para Monte Alegre, além de ter higienizado e separado os autos findos por competência e ano, e em seguida ter feito sua catalogação e organização em caixas-arquivo. Os processos foram ainda identificados em listas digitalizadas, facilitando o processo de busca e localização dos autos.
“Foi necessário o traslado de todo o acervo processual arquivado de Gilbués para Monte Alegre para gerar espaço do Fórum para abrigar os processos em tramitação trazidos da Comarca de Monte Alegre, bem como deixar espaço para abrigar os processos que virão da Comarca de Santa Filomena na próxima semana”, detalhou o servidor Clarindo José Lopes Machado, coordenador da Equipe de Organização de Arquivos e Depósitos da CGJ e integrante da Comissão Permanente de Avaliação Documental do Tribunal de Justiça do Estado do Piauí (CPAD-TJPI).
Fonte: CidadeVerde