segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Justiça eleitoral tem até amanhã para julgar todos os registros de candidaturas

 Zilnéia Rocha, juíza titular do cartório da 1ª zona em Teresina
A juíza titular do cartório da 1ª zona em Teresina, Zilnéia Rocha, informou que a justiça eleitoral no Piauí tem até amanhã (30) para julgar todos os processos de candidaturas no Estado. Ela afirmou que o prazo será cumprido sem maiores problemas e que embora o cronograma em 2016 esteja menor, com a ajuda do grupo de trabalho montado este ano, o Tribunal Regional Eleitoral deve dar conta de todo o trabalho.
De acordo com a juíza, o indeferimento de uma candidatura na primeira instância não inviabiliza a realização da campanha do candidato, uma vez que ele pode recorrer ainda ao TRE e ao TSE.
“Temos até o dia 30 de agosto para julgar todos os processos e até agora não apareceu nenhum caso excepcional. Está tudo ocorrendo bem, tem um grupo de trabalho desempenhando o seu papel para fluir com respostas, tudo dentro dos prazos. Estamos muito bem, os candidatos têm juntado todas as documentações quando solicitados. O que dava muito problema era a desincompatibilização, que não acontece mais. É muito trabalho por causa da quantidade e o volume se torna maior em razão do menor tempo, mas tudo ocorre no prazo, há tempo e damos oportunidade para que os candidatos possam juntar a documentação que falta”, declarou Zilnéia.
Ela explicou que os prazos são mais curtos para a justiça, mas que também para os candidatos e esclareceu que o TRE-PI notifica o mais rápido possível os candidatos quando há uma irregularidade, seja por e-mail, por telefone ou por notifcação formal enviada por um oficial de justiça. Além disso, lembrou que o prazo final para que todos os recursos sejam julgados é dia 12 de setembro.
“Quando indeferidos em 1º grau, não obsta que o candidato possa continuar fazendo a sua campanha. Desde que indeferido na primeira instância e desde que recorra ao TRE, mesmo sendo igual a decisão, somente no prazo final para todos, dia 12 de setembro, é que será decidido se ele pode ou não fazer campanha, se ele é candidato ou não, realmente.
Nesta segunda-feira (29), a juíza deu entrevista ao Jornal do Piauí, da TV Cidade Verde.

Fonte: CidadeVerde