segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Aprovados em concurso para delegado seguem sem ser chamados

Mais de 20 aprovados para o concurso de degelado da Polícia Civil do Piauí no ano de 2014 seguem sem ser nomeados. O governo do estado não honrou a compromisso de nomeá-los no mês de setembro e fez nova promessa, dessa vez para janeiro de 2017. A administração estadual alega que não chama os concursados para não ferir a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), mas os aprovados questionam a justificativa.
“Recentemente ocorreu a formatura de uma nova turma de oficiais da Polícia Militar, foram chamados defensores públicos, agentes e escrivães de polícia. Para se ter uma ideia, foram empossados  747 soldados da PM neste ano. Apenas os delegados ficaram de fora”, disse Alisson Macedo, integrante da Comissão dos Aprovados no Concurso da Polícia Civil.
Em meio à crise na segurança pela qual o estado passa com caixas de bancos, agências bancárias e dos Correios sendo atacados em todo o Piauí, a nomeação dos delegados aprovados ampliaria os esforços para uma resposta contundente contra a criminalidade.
“A realidade hoje é de delegados respondendo por até 15 cidades e isso é um impedimento sério para o trabalho da Polícia Civil. Com mais delegados, o trabalho de investigação e contingenciamento dessa onda de violência seria mais rápido e a população sentiria isso”, alegou Alisson.
Recentemente, devido a uma decisão do Tribunal de Justiça do Piauí, o governo do estado nomeou 59 agentes e 17 escrivães da Polícia Civil, somente os delegados não foram chamados. A turma que reivindica nomeação foi aprovada no ano 2014, concluiu o curso na Academia da Polícia Civil (Acadepol) em junho de 2015 e está há um ano e seis meses aguardando a convocação.
O Piauí tem pouco mais de 170 delegados ativos, sendo que apenas 47 atuam no interior. Esses profissionais têm que dar conta da demanda gerada pelos 224 municípios piauienses. “A gente espera que o governo seja sensível e firme no enfrentamento à violência e que realize as nomeações agora no mês de janeiro de 2017”, finalizou Alisson.

Fonte: Portal AZ