quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Irregularidades: 40% dos candidatos do PI podem ter contas 'reprovadas'



Irregularidades nas prestações de conas dos candidatos que concorreram na eleição deste ano já foram encontradas por analistas do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).
O que mais chama a atenção é a doação de beneficiários do Bolsa Família aos candidatos do estado.
Dos candidatos eleitos na capital, 40% estão com sugestão para as contas serem desaprovadas.
"Verificamos inconsistências rotineiras, por exemplo, recursos que não passam pela conta de campanha. Verifica-se também que o candidato realiza despesas e não coloca na prestação de contas da campanha", disse Raquel Ferro, coordenadora de controle interno do TRE, em entrevista à TV Clube.