quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Congresso das Cidades vai orientar prefeitos a captar e investir recursos

Os prefeitos do Piauí terão uma oportunidade única de se capacitarem para enfrentar os desafios dos 4 anos de mandato. O Congresso das Cidades, lançado nesta quarta-feira (4) pela TV Cidade Verde, em parceria com Governo do Estado e o Sebrae, vai tirar dúvidas dos gestores e assessores sobre vários assuntos, como a elaboração de projetos que auxiliam na captação de recursos.
O evento vai acontecer de 13 a 15 de fevereiro de 2016, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Piauí (FIEPI), e tem apoio da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE) e do Conselho Nacional do Sesi.
“É uma oportunidade única tanto para os prefeitos eleitos, como para os novatos. Vamos ter a abertura, no segundo dia teremos oficina com o oportunidade de capacitar e orientar os gestores e as equipes técnicas com noções de como organizar um projeto, como fazer a licitação, a prestação de contas, como captar recursos em relação às várias fontes que o governo federal disponibiliza”, disse o superintendente da Caixa, Elizomar Guimarães, durante entrevista ao Jornal do Piauí.
A Caixa vai participar do Congresso e tem como principal objetivo auxiliar os prefeitos na elaboração desses projetos. “Nós sabemos que os recursos são extremamente limitados. Quem tiver uma equipe técnica qualificada e tiver condição de preparar o projeto e apresentar, sairá na frente dos demais”, destaca o superintendente.
Segundo ele, com a atuação de deputados federais e senadores, os recursos chegam aos municípios, mas muitas vezes se tornam insuficientes por conta do tempo perdido na elaboração de projetos.
“O recurso vem, mas muitas vezes o município não consegue entregar o projeto como se precisa ser entregue, quanto a documentação necessária. Aí termina você levando 2 anos para começar a utilizar os recursos e, muitas vezes, os recursos já não são mais suficientes para executar o referido projeto. Queremos tirar essa dificuldade da maioria dos municípios”, afirmou.
Fotos: Roberta Aline
O superintendente destaca ainda que em momento de crise, novas alternativas devem ser criadas para o enfrentamento das dificuldades. “No momento de vacas gordas, todo mundo é bom gestor. Agora no momento que estamos vivendo, um momento diferente, o que é mais importante é buscar a eficiência na gestão. Sem a informação e sem a formação das pessoas que trabalham na administração pública, você não consegue encontrar alternativas de viabilidade da gestão. Em momento de crise, a iniciativa privada busca capacitação, na gestão pública não pode ser diferente. Participar de um congresso, onde você terá palestrantes de renome nacional no que diz respeito a gestão pública, capacitação, captação de recursos, só ajuda, Você vai sair de lá após três dias com uma outra visão para melhorar o seu município”, afirma.
Guimarães revelou um dado alarmante. Segundo ele, em 2016, a Caixa quase não realizou parcerias com municípios por falta de interesse e qualificação. 
“Em 2016 nós investimos no segmento imobiliário praticamente R$ 700 milhões e quase não tivemos parcerias com o setor público. Qualquer município pode se tornar parceiro. Temos devolvido recursos, pois as prefeituras não tem a capacidade para captá-los”, alertou.
A inscrição para participar do evento é gratuita para o prefeito e cinco assessores de cada município e estará disponível no site do evento, a partir do dia 09 de janeiro de 2016.  

Fonte: CidadeVerde