sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Prefeituras piauienses devem quase R$ 31 milhões de energia elétrica para Eletrobras

Na tentativa de recuperar um prejuízo de R$ 30 milhões e 900 mil, a Eletrobrás está oferecendo oportunidade aos prefeitos eleitos no Piauí a parcelarem os débitos das prefeituras municipais em até 180 meses. A divida foi contraída por 170 prefeituras. Algumas não pagam sequer uma conta, há três anos.
Por conta da inadimplência, no ano passado (2016), a Eletrobras suspendeu o fornecimento de energia elétrica em 1.456 prédios de órgãos públicos municipais em todo o Piauí. Só não foram atingidos pelos cortes, os setores em que funcionam serviço essencial, como hospitais, por exemplo.
O parcelamento dos débitos das prefeituras começou no dia 23/01. A gerente de Atendimento aos Clientes, Patrícia Araújo, destaca que essa é mais uma forma da Eletrobras Piauí reafirmar o compromisso em manter o bom relacionamento com o Poder Público Municipal.
Os prefeitos estão sendo recebidos conforme agenda previamente divulgada para a Associação Piauiense de Municípios (APPM).
“As condições especiais valem por tempo limitado. Então, é muito importante que, caso o prefeito não possa comparecer no dia marcado, agende, com antecedência, nova data”, ressalta a gerente de Atendimento de Grandes Consumidores e Poder Público, Márcia Daniella.
Fonte: Portal AZ