quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Prefeitos do Piauí visitam Consórcio exitoso no Ceará

Léo Matos, prefeito de Gilbués
A convite do governador do Ceará, Camilo Santana, e do presidente do Consórcio Público de Saúde da Região de Limoeiro do Norte (CPSMLN) e prefeito de Quixeré, Francisco Bessa, um grupo de gestores do Piauí viaja hoje até o Estado vizinho para conhecer a experiência exitosa do consórcio.
O grupo piauiense é composto pelo presidente da Associação Piauiense de Municípios (APPM), Gil Carlos, os prefeitos de Gilbués, Léo Matos e Monte Alegre, Davinelson Rosal, o secretário de Administração do Estado, Franzé Silva, além do representante do Ministério da Saúde, Ferdinand Ribeiro, e o assessor jurídico da APPM, Valmir Falcão.
O Consórcio foi criado em 2010 através da união de 11 municípios do Vale do Jaguaribe. Além dos municípios, integram o consórcio o Estado do Ceará, com recursos financeiros para as Policlínicas, CEO Regional e a União. A iniciativa atingiu rapidamente o objetivo para qual foi criado, por otimizar e promover a eficiência da prestação do serviços públicos essenciais de saúde, através da descentralização da gestão dos Centros de Especialidades Odontológicas Regionais - CEO-R e Policlínicas, tipos I e II, construídas pelo Poder Executivo Estadual.
O prefeito de Gilbués explica que a viagem servirá para conhecer a experiência, troca de informações e a possibilidade da implantação desse tipo de consórcio no Piauí. “Vamos conhecer de perto a experiência do Ceará que, pelo que sabemos, está dando bons resultados na área, ofertando diversas especialidades em hospitais regionais. É uma tendência do Ministério da Saúde concentrar investimentos nos consórcios e nós não podemos continuar na situação caótica que nos encontramos, principalmente os municípios mais distantes de Teresina”, explica Léo Matos.
A ideia dos gestores é que o Piauí e a União implantem hospitais regionais com diversas especialidades contemplando média e alta complexidade, fazendo com que os municípios voltem seus esforços para as áreas de sua responsabilidade, como é o caso da atenção básica, e o cidadão seja atendido como dignidade e resolutividade. 
Mais sobre as especialidades ofertadas
Os Centros de Especialidades Odontológicas Regionais - CEO-R, são compostos por consultórios integrados, além de sala de raio-x, atendendo a diversos procedimentos como limpeza, obturações, restaurações, canal e próteses nas áreas de cirurgia oral, endodontia, ortodontia, periodontia, além do atendimento a pacientes com necessidades especiais.
As policlínicas tipo II, como a localizada em Limoeiro do Norte, são construídas em locais com maiores densidades populacionais e serão Pontos de Atenção às Redes de Atenção à Saúde (RAS), onde 13 Especialidades Médicas são ofertadas, sendo elas: Clínica Médica, Cirurgia Geral, Cardiologia, Ginecologia, Gastroenterologia, Mastologia, Otorrinolaringologia, Oftalmologia, Traumato-Ortopedia, Urologia, Neurologia, Angiologia e Endocrinologia, além de serviços em enfermagem, terapia ocupacional, fisioterapia, nutrição, psicologia, farmácia clínica e fonoaudiologia.
Fonte: Ascom