quinta-feira, 30 de março de 2017

'BR-135 requer intervenção urgente para evitar mais acidentes', diz perito

Carro bateu contra árvore na BR-135 (Foto: Alessandro Guerra/reporteralessandroguerra.com.br)
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) concluiu nessa quarta-feira (29) o escaneamento dos trechos da BR-315, no Sul do Piauí, onde duas colisões ocorridas durante o Carnaval matou oito pessoas. O estudo comprovou que as péssimas condições de segurança da rodovia é um dos agravantes para o número elevado de acidentes na região. Foram 33 mortos em quatro meses.
"Nós fomos chamados justamente pelo número elevado de acidentes naquela região. Trouxemos o equipamento de escaner para fazer a leitura dos locais onde estas ocorrências foram registradas, verificar as causas reais, e fazer um levantamento das condições viárias e veiculares. A BR-135 requer intervenção urgente das autoridades para evitar outros acidentes graves", declarou o perito Valdecir Alves, da equipe de Sergipe responsável pelo estudo.
Ainda segundo o perito, a rodovia tem dimensões reduzidas devido ao desmoronamento e erosão por causa das chuvas em alguns trechos. Outro fator é a grande quantidade de veículos pesados que transitam no local e danificaram a via ao longo do tempo.
Para a perita Marina Leico, outra situação de gravidade encontrada foi o desnível entre a pista de rolamento e o acostamento. Ela revelou ter encontrado desnível de até 35 centímetros de altura, que pode ser um fator agravante para ocasionar acidentes. "Se um veículo sair da pista provavelmente ele vai tombar ou perder o controle", comentou.
O prefeito de Riacho Frio, Adalberto Gerardo, o Betim, que é presidente da Associação Municipal do Extremo Sul do Estado (Ames), destacou que os gestores da região Sul têm unido forças para tomar providências.
"A preocupação é grande, tanto na parte econômica, quanto nos casos de acidentes. Vamos levar este requerimento à bancada federal durante a Marcha dos Prefeitos no mês de maio para tomar as providências. Esperamos ter êxito", disse.
Entenda o caso
No início de fevereiro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) apontou falhas nos trechos da BR-135 em Cristalândia do Piauí, Sul do estado, onde oito pessoas perderam a vida em dois acidentes graves durante o carnaval. Segundo o superintendente Wellendal Tenório, são 18 km na BR-135 sem vias duplicadas, falta acostamento, com desvio do pavimento estrutural da via e outros fatores ausentes.
O superintendente ainda destacou que nos boletins de acidentes registrados no trecho, os agentes já vinham colocando a observação sobre as condições de segurança da via. Em decorrência dos dois acidentes, a PRF montou uma equipe técnica para analisar a situação da rodovia e cobrar melhorias das autoridades.
Um dos acidentes ocorreu no dia 25 de fevereiro, na divisa do Piauí com a Bahia. As quatro vítimas eram pais e duas crianças de 9 e 13 anos, que vieram de Cristalina de Goiás (GO) para passar o carnaval em Corrente.

Fonte: G1