domingo, 30 de abril de 2017

PI está entre os estados com maior incidência de câncer de pênis no país

De acordo com o urologista José Ricardo da Ponte, a letalidade do câncer de pênis pode chegar a 10% (Foto: Arquivo Pessoal)

Aproximadamente 6 mil novos casos de câncer de pênis são diagnosticados por ano no Brasil. Desse total, cerca de 400 pacientes morrem por conta da doença, conforme dados da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU).
O médico José Ricardo Tuma da Ponte, membro do Departamento de Uro-oncologia da SBU, afirma que as maiores incidências desse tipo de câncer ocorrem no Maranhão, Pará, Piauí, Pernambuco e Bahia.
O câncer de pênis ocorre principalmente em homens com baixas condições socioeconômicas e de pouca instrução. Os fatores de risco são a má higiene íntima e a não realização da circuncisão (remoção do prepúcio, pele que reveste a glande – a “cabeça” do pênis), uma vez que o estreitamento do prepúcio é um fator de predisposição ao câncer peniano.
Estudos científicos também indicam que a infecção pelo vírus HPV (papilomavírus humano) pode levar ao câncer de pênis.
Conforme dados do Instituto Nacional do Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), no Brasil esse tipo de tumor representa 2% de todos os tipos de câncer que atingem o homem, sendo mais frequente nas regiões Norte e Nordeste.
O médico José Ricardo da Ponte ressalta que, além da letalidade ser elevada, chegando a 10%, o percentual de amputações provocadas por conta da doença é ainda maior, afetando 90% dos pacientes. “O câncer de pênis atinge principalmente a faixa etária dos 50 anos, mas às vezes ocorre em pacientes mais novos. E deve ser dada uma atenção especial a essa doença porque ela é mutilante, ela destrói o pênis e o indivíduo fica condenado a ficar privado da sua atividade sexual, principalmente quando é um tumor mais extenso, quando é preciso ser feita uma retirada maior do órgão. Quando os tumores são pequenos, dá para fazer uma amputação parcial e o indivíduo ainda consegue ter uma relação sexual com aquele segmento pequeno que ficou. Não é uma qualidade plena, mas ele consegue ter relação. Quanto mais avançada a doença, maior será a magnitude da amputação”, afirma o membro da Sociedade Brasileira de Urologia.
Em alguns casos, segundo José Ricardo, o tumor do pênis atinge essencialmente a pele, e apenas nesses casos não é necessário realizar a amputação do órgão genital, sendo feita apenas a ressecção (extração) da pele que cobre o pênis.
O urologista Jolberto Gonçalves de Carvalho, que atua no HTI e no Hospital da Polícia Militar, reitera que a falta de higiene é a principal causa da doença, seguido pela fimose, que é o estreitamento do orifício do prepúcio.
Os sintomas principais são a presença de feridas ou úlceras e tumores, associados a uma secreção branca. Quando o câncer já está bastante avançado, atingindo outros órgãos, também ocorre a formação de gânglios inguinais na virilha.
“A maioria dos casos ocorre em homens com nível socioeconômico baixo e que têm mais de 50 anos de idade, mas há também casos de jovens acometidos pela doença. Em geral, quando ocorre o câncer quase 100% dos casos resultam em amputação, ou parcial ou total, até porque, em geral, os pacientes procuram atendimento médico quando o câncer já está bastante avançado. E também por esta razão as mortes são provocadas por metástase [quando o câncer se espalha para outros órgãos] ou por complicação local, sobretudo infecção”, explica Jolberto Gonçalves.
O urologista considera o câncer de pênis uma doença de “terceiro mundo”, que poderia ser facilmente evitada caso o poder público intensificasse as campanhas esclarecedoras sobre a doença, alertando para a necessidade de higiene nos órgãos genitais, de proteção nas relações sexuais e para a importância da cirurgia de fimose.

Infografia: Márcio Sena/O Dia
“Muitos homens ainda têm preconceito ou medo de fazer a cirurgia, mas ela é necessária, mesmo em adultos. Havendo necessidade, tem que fazer a cirurgia. Mas nós temos observado que houve uma diminuição nos casos de câncer de pênis nos últimos anos, no Piauí, graças às campanhas de esclarecimentos realizadas e aos mutirões de cirurgias que fizemos”, acrescenta o médico Jolberto Gonçalves.
O urologista afirma que o câncer de pênis é facilmente curável quando a doença é descoberta de forma precoce, inclusive através de uma cirurgia de fimose, que é considerada simples e cuja recuperação dura, em média, 15 dias.
“Quando o homem verificar qualquer alteração no órgão genital, ele deve procurar assistência médica imediatamente, sobretudo quando ocorrer o sintoma mais comum, as feridas que não cicatrizam ou que demoram a cicatrizar. O ideal é que o paciente seja examinado por um urologista, mas qualquer médico de posto também pode realizar o atendimento inicial. Os hospitais públicos mais indicados para esse tipo de atendimento são o Hospital Lineu Araújo, o Hospital Getúlio Vargas, o Hospital da Polícia Militar e o Hospital Universitário”, conclui o médico.

Fonte: Portal O Dia

sábado, 29 de abril de 2017

População denuncia falta de remédios nos postos de saúde de Corrente

Prateleira de remédios praticamente vazia. UBS Morro do Pequi;
A população do município de Corrente tem se manifestado há algumas semanas sobre as dificuldades para encontrar remédios da farmácia básica nas unidades de saúde. Mas na última semana, aconteceu uma série de denuncias nas redes sociais sobre a difícil situação das unidades, inclusive quanto aos procedimentos odontológicos, que não estaria sendo feito por falta de material, e em alguns casos até falta de material de limpeza, como no caso do posto de saúde do Caxingó, zona rural do município.
Os remédios para hipertensão são os que mais tem preocupado a comunidade. "Tem muito tempo que eu não encontro o meu remédio pra hipertensão e sou obrigada a comprar. Mas não é só esse remédio, tem outros que eu também preciso e como eu sou aposentada com um só salário eu tenho que escolher qual remédio vou comprar. É muito difícil", desabafa uma idosa, moradora do bairro Aeroporto, que não quis se identificar.
O prorietário de uma farmácia no Centro da cidade relata que a demanda por remédios subiu consideravelmente, mas que as pessoas de baixa renda têm dificuldade para compra-los. "Eles vêm com uma receita para 3 caixas, mas compram só uma. E são muitos".
As denúncias quanto ao atendimento odontológico também são muitas. De acordo com servidores, os dentistas comparecem ao local de trabalho, mas não podem efetuar o atendimento completo porque falta material. "Nessa quarta mesmo, todos os pacientes que precisavam só fechar o canal foram mandados embora e as consultas foram remarcadas".

Denuncia de uma moradora da cidade
Preocupado com as denúncias, o vereador Riva realizou uma série de visitas nessa quinta-feira (27), e constatou que todos os postos de saúde visitados faltavam remédios. "Fui nas unidades de saúde dos bairros Vermelhão, Morro do Pequi e Sincerino, aqui na zona urbana, e na UBS do Caxingó, na zona rural. Em todas elas falta praticamente tudo na farmácia básica, desde remédios para hipertensão até anticoncepcional, não tem quase nada! Em em todos os postos, sem excessão, também fui informado que o dentista vai trabalhar mas é obrigado a voltar porque não tem material.

Vereador Riva visitou diversos postos de saúde e constatou a falta de remédios
A secretária municipal de Saúde e Saneamento, Sinara Cibele Machado dos Santos, informou ao Portal Corrente que a aquisição de medicamentos demorou por causa do processo de licitação, que estava em andamento. "Mas ja foi feito a agora vai ser resolvido. Já autorizei a farmacêutica fazer a lista dos medicamentos e fazer o pedido". De acordo com informações do portal da transparência, a licitação foi realizada no dia 7 de abril.
Sobre a demora na aquisição dos remédios, o vereador Riva protesta. "Isso é um absurdo, já se passaram quase 5 meses e a população de Corrente é obrigada a passar por essa situação, ficar sem remédio. As Secretarias foram entregues com dinheiro em caixa e nada justifica essa demora! Chega, já esperamos demais".

 Fonte: Portal Corrente

sexta-feira, 28 de abril de 2017

Rapadura dá energia ao treino e previne anemias

A rapadura é o doce feito a partir do caldo concentrado da cana-de-açúcar e, ao contrário do açúcar branco, é rica em nutrientes que ajudam no bom funcionamento do organismo, como cálcio, magnésio, ferro e potássio. Um pedaço pequeno de rapadura com 30 g tem cerca de 111 Kcal, e o ideal é consumir apenas essa quantidade por dia para não engordar. Uma boa dica é comer a rapadura logo após uma grande refeição como o almoço, onde normalmente se come salada no prato principal, o que ajuda a reduzir a produção de gordura que o doce da rapadura pode trazer.

Benefícios da Rapadura:
Devido ao seu teor de vitaminas e minerais, o consumo moderado de rapadura traz benefícios como:
1) Dá mais energia para o treino, por ser rica em calorias;
2) Previne anemias, por conter ferro e vitaminas do complexo B;
3) Melhora o funcionamento do sistema nervoso devido à presença de vitaminas do complexo B;
4) Previne cãibras e osteoporose, por conter cálcio e fósforo.
As rapaduras que têm adição de alimentos nutritivos como castanhas, coco e amendoim trazem ainda mais benefícios para a saúde, mas é importante lembrar que o seu consumo deve ser feito apenas em pequenas quantidade por dia, especialmente no pré ou pós-treino, ou como energético natural de treinos longos, que duram mais de 1 hora. 
É importante lembrar que, apesar de ser mais saudável, a rapadura não deve ser consumida em excesso, pois pode aumentar o risco de problemas como ganho de peso, triglicerídeos, colesterol e glicemia elevados. Ela também não deve ser consumida por pessoas com diabetes, colesterol alto e doenças renais.

Fonte: Tua Saúde

quinta-feira, 27 de abril de 2017

TCE bloqueia contas de 32 prefeituras por atraso nas prestações de contas de 2016

Barreiras do Piauí
O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) bloqueou na sessão plenária desta quinta-feira (27) as contas de 32 prefeituras piauienses que não entregaram as prestações de contas de 2016. O bloqueio foi solicitado pelo procurador-geral do Ministério Público de Contas, Plínio Valente, e aprovado por unanimidade pelo Pleno do TCE-PI. Das 32 cidades, nove têm prefeitos reeleitos que não informaram aos sistemas Sagres Contábil, Sagres Folha e Documentação Web o balanço geral e outras informações referentes ao exercício de 2016. São elas: Aroeiras do Itaim, Bertolínia, Dirceu Arcoverde, Domingos Mourão, Jardim do Mulato, Olho D’Água do Piauí, Passagem Franca, São Miguel da Baixa Grande e Tanque.
As outras 23 são administradas por prefeitos novos, que não informaram ao TCE-PI terem entrado com ações judiciais contras os ex-prefeitos cobrando a entrega das prestações de contas, conforme prevê a decisão plenária nº 498/2017. São elas: Assunção do Piauí, Barreiras, Campo Alegre do Fidalgo, Colônia do Gurgueia, Floriano, Isaias Coelho, Luzilândia, Morro Cabeça no Tempo, Nazaré do Piauí, Nossa Senhora dos Remédios, Pau D’Arco do Piauí, Pavussu, Pedro Laurentino, Piripiri, Queimada Nova, Redenção do Gurgueia, Rio Grande do Piauí, Santa Luz, Santana do Piauí, São Braz, Socorro, Uruçuí e Várzea Grande.
Com as contas bloqueadas, os prefeitos ficam impedidos de fazer pagamentos, saques e outras movimentações bancárias. O desbloqueio é providenciado após a apresentação das prestações de contas. 
Fonte:  TCE

Ex-prefeito de Redenção do Gurgueia é réu em ação penal em Bom Jesus

Delano Parente, ex-prefeito de Redenção do Gurgueia
Em Bom Jesus, foi apresentada recentemente uma ação penal contra o ex-prefeito de Redenção do Gurgueia, Delano Parente, preso na Operação Déspota.
A ação envolve quebra de sigilo fiscal, bancário e telefônico.
Além de Delano, figuram como réus Orlando Gonçalves da Gama, Antoniel de Sousa Silva, Arnilton Pereira do Lago, Audemes de Sousa Nunes, Francisco Amorim Lopes, Julimar Pereira Borges, Magnaldo Pereira Borges e Maria José de Sousa Silva.
Quanto às pessoas jurídicas, constam da ação penal a A&M do Lago LTDA, ASS Serviços de Locação e Construções LTDA, Construtora Maraci, F. A. Lopes – Churrascaria do Chico, MP Borges Supermercados-ME e a Vitória Serviços.

Fonte: 180Graus

quarta-feira, 26 de abril de 2017

Festejo do Divino da Comunidade Marmelada, em Gilbués/PI

O grupo Memória Arquitetura, foi contratado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, para o desenvolvimento de pesquisa histórica e antropológica visando a elaboração de dossiê de registro do Festejo do Divino Espírito Santo da Comunidade Marmelada (município de Gilbués-PI) como patrimônio cultural brasileiro. O Festejo do Divino Espírito Santo em Marmelada é uma celebração do catolicismo popular, de grande relevância simbólica e identitária para os habitantes do município de Gilbués e região, se estendendo para todo o Piauí. Trata-se de uma das mais antigas festas religiosas do estado, que acontece há pelo menos 150 anos, e conta com a presença de romeiros vindos de outras unidades da federação como São Paulo, Bahia, Goiás e Tocantins, além do Distrito Federal. Trata-se de uma manifestação cultural de caráter imaterial, caracterizado de ritos profanos e sagrados e intimamente relacionada com a vida em comunidade. Seu registro pelo IPHAN no Livro das Celebrações é essencial para seus detentores e sua preservação. É importante ressaltar que o pedido de registro do festejo como patrimônio cultural foi feito pela própria comunidade através da representação da Associação Comunitária local, em conjunto com representantes da Associação Brasileira de Documentaristas, seção Piauí, moradores das comunidades vizinhas e de municípios da região, todos frequentadores do festejo e apoiadores do pedido de registro. Para a elaboração do dossiê foi fundamental a composição de uma equipe multidisciplinar, cujos resultados foram de cunho transdisciplinar, por conter análises integradas entre diferentes matrizes disciplinares como a História, Arquitetura, Sociologia e Antropologia. O trabalho transdisciplinar junto aos bens de natureza imaterial é fundamental para a apreensão de sua complexidade, pois os aspectos temporais, espaciais, simbólicos e cosmológicos não podem ser compreendidos de forma estanque, já que são fluidos e estão interconectados. O trabalho de campo foi realizado em maio de 2015, período de ocorrência do festejo. Durante a coleta de informações foram levantadas fontes documentais, bibliográficas, iconográficas e fotográficas, junto a arquivos públicos e privados, bibliotecas e instituições de pesquisa. Mas a principal fonte de informações foi oral, coletada na comunidade, onde foram realizadas entrevistas individuais e em grupo com os principais atores sociais responsáveis pela realização do festejo. Um expressivo número de imagens foi produzido, bem como pequenos vídeos, contendo a principais etapas da manifestação. De modo a promover a salvaguarda do Festejo do Divino Espírito Santo da Comunidade Marmelada, e no sentido de garantir sua viabilidade e permanência como patrimônio cultural imaterial relevante que é, o dossiê contêm algumas medidas que visam sua preservação, proteção, promoção, e valorização, de modo que a realização do festejo esteja acessível para as gerações futuras. No caso dos mestres e mestras do Festejo do Divino de Marmelada, verdadeiros “Tesouros Vivos” da comunidade, no que tange aos seus saberes acumulados, e importância na manutenção e transmissão dos ritos e fundamentos da celebração, é de grande relevância para a salvaguarda do festejo, o reconhecimento e promoção desse “notório saber”. Relacionados ao festejo temos outros bens culturais de natureza imaterial, dentre eles destacamos a presença massiva das construções em adobe e taipa, configurando um modo de construção tradicional da comunidade, e a riqueza de modos de fazer e dos saberes arraigados aos produtos alimentares característicos da região como a rapadura, a farinha de mandioca, a carne seca e a tapioca. Assim, são diversos os bens culturais que constituem a cultura do povo da Comunidade Marmelada e que estão direta ou indiretamente associados à ocorrência do Festejo do Divino Espírito Santo. Portanto é de suma importância fomentar a perpetuação dessas tradições para a garantia da manutenção da diversidade cultural presente na sociedade brasileira. Nesse sentido, é mister a preservação do Festejo do Divino Espírito Santo da Comunidade Marmelada, no município de Gilbués/PI por meio de seu registro no Livro das Celebrações e da garantia de execução de seu plano de salvaguarda.

Fonte: Memória Arquitetura

São Raimundo Nonato - o berço do Homem Americano

Ir à cidade de São Raimundo Nonato é fazer uma grande viagem ao tempo antes da História. O município está localizado na região Sul do Piauí e em seu território está o Parque Nacional Serra da Capivara, que é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade. Os sítios arqueológicos, com suas pinturas rupestres de diversas formas e as formações rochosas singulares, atraem milhares de visitantes todos os anos. O Museu do Homem Americano tem em seu acervo as descobertas das pesquisas realizadas na região sobre os povos pré-históricos.
Como chegar
Avião: A empresa Piquiatuba oferta voos regulares de Teresina até o aeroporto Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato.
Carro: A partir de Teresina, seguir pelas BRs 316 e 343 até Floriano, em seguida, ir pela BR 230, PI 140 e BR 324 até São Raimundo Nonato.
Artesanato
O artesanato em cerâmica da comunidade rural Barrinho, do município de Coronel José Dias (PI), vizinho a São Raimundo Nonato, é produzido por pessoas que viviam do que extraiam do Parque Serra da Capivara, como por exemplo ex-caçadores, e que agora têm uma nova opção de renda. 
Alto do Cruzeiro
O mirante possibilita uma visão de toda a cidade de São Raimundo Nonato. O local também é utilizado por pagadores de promessas que sobem a longa escada de joelhos. 
Museu
O Museu do Homem Americano está situado na sede da fundação que leva seu nome (Fumdham) e seu acervo é composto do resultado de pesquisas na região, revelando a vida do homem pré-histórico, animais gigantes, entre outros temas. Há uma parte interativa na qual o visitante se coloca no papel de um arqueólogo. O museu fica fechado às segundas-feiras. Informações: (89) 3582-1700.
Parque Nacional Serra da Capivara
O Parque Nacional da Serra da Capivara é composto por um conjunto de quatro serras  – da Capivara, Branca, Talhada e Vermelha – que abriga um grande número de pinturas consideradas as mais antigas do continente americano e diferentes ambientes e paisagens. Localizado na região de Semiárido, possui duas estações bem definidas: uma chuvosa e outra seca. Tem 1.354 sítios arqueológicos cadastrados, dos quais 183 estão abertos à visitação. Para conhecer o Parque, é preciso estar acompanhado de um condutor de turismo. Aberto de domingo a domingo.

Fonte: CCom

terça-feira, 25 de abril de 2017

Gilbués: Prefeitura realizará programação especial no Dia do Trabalhador

A prefeitura de Gilbués promoverá evento em comemoração ao Dia do Trabalhador (1º de maio) com a seguinte programação: às 17:00h Corrida masculina e feminina, saindo da rodoviária com destino ao Ginásio Poliesportivo no bairro Santo Antônio. Com as seguintes categorias de 16 a 24 anos, de 25 a 45 anos, de 46 em diante, categoria geral e dos servidores públicos. Com premiação em dinheiro para o primeiro, R$500,00 (quinhentos reais) segundo, R$250,00(duzentos e cinquenta reais) e terceiro lugar, R$100,00 (cem reais), respectivamente para cada categoria. Após a corrida será servido um coquetel e logo em seguida terá festa com animação de Magayver Guerra. Inscrições para a corrida procurar Luzivânio, Ninico ou a recepcionista da prefeitura, no ato da inscrição o atleta receberá uma camiseta.


Fonte: Ascom

Dirigentes e alunos do Colégio Fausto Lustosa agradecem ao prefeito Leo Matos

Local onde será construído um Ginásio Poliesportivo em vez de uma delegacia
Ocorreu hoje (25) na Unidade Escolar Fausto Lustosa em Gilbués, solenidade de agradecimento dos dirigentes e alunos deste colégio ao prefeito do município  Leonardo de Morais Matos, por ter conseguido alterar  o plano de construção de uma delegacia de polícia para um Ginásio Poliesportivo. Na ocasião o Diretor do Colégio Fausto Lustosa,  Leandro Figueredo agradeceu a postura do prefeito em atender a solicitação da mudança, enfatizando os enormes benefícios aos alunos, visto que a área onde será construído o ginásio fica ao lado do colégio. O prefeito Leo Matos garantiu total apoio à construção da obra e informou que o processo de licitação do ginásio já está em andamento no governo do estado do Piauí. Leo Matos também comentou sobre a construção da nova delegacia de Gilbués, afirmando que a obra será iniciada na próxima terça-feira (02), na Rua Joaquim Rodrigues (saída para a localidade Boqueirão).








segunda-feira, 24 de abril de 2017

Por 22 votos a 1, Alepi aprova PEC que exclui promotores de eleição para PGJ

Por 22 votos a 1, os deputados estaduais aprovaram nesta segunda-feira (24) a Proposta de Emenda à Constituição 02/2016 que altera as regras para formação da lista tríplice de onde é escolhido o procurador-geral de Justiça do Piauí.
A referida proposta acaba com a possibilidade de os promotores de Justiça candidatarem-se ao cargo de PGJ na eleição interna realizada pelo Ministério Público do Estado a cada dois anos.
Dos 23 deputados presentes à votação, apenas Dr. Pessoa votou contra a PEC que exclui promotores da disputa pelo cargo de procurador-geral de Justiça (Foto: Ascom Alepi)
A proposta aprovada nesta segunda-feira na Assembleia Legislativa foi bastante criticada pelos membros do MP-PI e também por outras entidades de controle e de combate aos crimes na gestão pública.
A matéria é chamada de "PEC do Retrocesso" pela Rede de Controle da Gestão Pública, integrada pelo Tribunal de Contas da União, Controladoria-Geral da União, Tribunal de Contas do Estado, Controladoria-Geral do Estado, Tribunal de Justiça, Ministério Público Federal, Polícia Federal, Tribunal Regional Eleitoral, Advocacia Geral da União, Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde, Polícia Civil, Receita Federal, Ministério Público de Contas e Ministério Público do Piauí.
Para Leonel Melo, representante da Controladoria-Geral da União no Piauí, a aprovação da PEC mostra que os parlamentares do Piauí estão interessados em "barrar o combate à corrupção no estado."
O deputado Dr. Pessoa (PSD), único a votar contra a PEC, afirma que votou contra a PEC para ser coerente com sua "luta a favor da democracia."
"Eu fui contra essa proposta por considerar que ela é um retrocesso, porque quanto maior a amplitude de candidatos para disputar um pleito, melhor para a democracia. Se antes mais de cem promotores e procuradores poderiam se candidatar e agora serão menos de 30, eu essa PEC um retrocesso democrático, além de inconstitucional", afirmou Dr. Pessoa.
Associação do MP vai recorrer ao STF para derrubar PEC 
Glécio Setúbal, presidente da Associação Piauiense do Ministério Público (APMP), afirma que a categoria repudia a aprovação da PEC pelos deputados, e anunciou que a associação vai ajuizar uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) com o intuito de derrubar a proposta.
"Essa PEC vem atingir diretamente a nossa instituição, enquanto instituição autônoma e independente, porque foi uma clara interferência do Poder Legislativo sobre o Ministério Público. A gente vê como um processo anti-democrático a restrição de membros que podem concorrer ao cargo de PGJ. Então, nós repudiamos totalmente essa decisão da Assembleia, sobretudo porque a matéria foi votada de forma açodada, e os deputados sequer discutiram a PEC, que tratou de um assunto tão relevante [...] Vamos, agora, recorrer à instância máxima da nossa Justiça, e confiamos que os ministros do Supremo vão derrubar essa PEC, já que, infelizmente, não podemos confiar nos nossos deputados", afirmou Glécio, em entrevista a O DIA.
O presidente da associação lembra que o STF já derrubou uma matéria com conteúdo semelhante que havia sido aprovada pela Assembleia Legislativa do Amapá.
Entenda a PEC
A PEC 02/2016 exclui a possibilidade de promotores de Justiça candidatarem-se ao cargo de procurador-geral de Justiça. Apresentada pela mesa diretora da Alepi, a PEC altera o parágrafo 1º, do inciso III, do artigo 142 da Constituição Estadual, restringindo a candidatura ao cargo de PGJ, exclusivamente, aos procuradores de Justiça integrantes da carreira, no efetivo exercício das funções e no gozo da vitaliciedade.

Fonte: Portal O Dia

domingo, 23 de abril de 2017

Indícios de suicídio nas redes sociais preocupam pais e psicólogos

“Alguns jovens usam as redes sociais para colocar mensagens subliminares, dando sinais do seu sofrimento, mas as pessoas que estão em volta não se dão conta”. A afirmação é da psicóloga especialista em prevenção ao suicídio juvenil, Cinthya Araújo. A psicóloga alerta os pais e familiares sobre a exposição de sinais de sofrimento e angústia por adolescentes nas redes sociais, que podem ser interpretados como um pedido de ajuda ou até um sinal de que o adolescente pretende atentar contra a própria vida.
No Piauí, no último mês, pelo menos três jovens anunciaram nas redes sociais a ideação suicida, sendo dois no Facebook e um no aplicativo Instagram. Destes, apenas uma tentativa de suicídio conseguiu ser evitada pela família. O jovem, morador do interior do Piauí, despediu-se através do Facebook e informou o que havia feito para tentar tirar a sua vida. Ao lerem a mensagem, os familiares conseguiram intervir e levaram o jovem para o hospital.
Frases como “minha vida não tem mais sentido”, “quero sumir” ou “não aguento mais viver”, verbalizadas ou postadas nas redes sociais, devem ser levadas a sério, pois indicam uma possível ideação suicida.
Segundo a psicóloga, é importante que a família não ignore os alertas dados pelos jovens sobre o seu estado de sofrimento, pois, na maioria dos casos, é possível evitar o suicídio após a divulgação da mensagem. “Às vezes o jovem diz que vai se matar e a família não acolhe essa afirmativa, o que gera mais desespero e desesperança, porque a pessoa se sente isolada e incompreendida”, afirma Cinthya Araújo.
Em junho de 2016, o Facebook, em parceria com o Centro de Valorização da Vida (CVV) lançou uma ferramenta para identificar e responder postagens para prevenir o suicídio ou automutilação do Brasil.
Com essa ferramenta, quando alguém postar algo no Facebook que possa causar preocupações acerca de seu bem-estar, qualquer pessoa poderá buscar instruções de como oferecer apoio e também contará com a possibilidade de denunciar o caso ao Facebook. Os times de revisão da plataforma, que trabalham 24h e em todas as línguas, vão tratar com máxima prioridade esse tipo de denúncia e enviarão as informações de apoio o mais rápido possível.
Bruno Magrani, Diretor de Relações Institucionais do Facebook para o Brasil, afirma que algumas pessoas identificam na rede social sinais de que um amigo está com ideias suicidas, mas não sabem como ajudar. “Nestes casos, agilidade pode significar a diferença entre conseguir ou não ajudar alguém efetivamente. As ferramentas que lançamos no Brasil colocam na própria plataforma mensagens de apoio testadas e que podem ajudar na prevenção deste problema", afirma.
Fonte: Portal O Dia

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Oito municípios do Piauí têm FPM bloqueado por dívidas com a Receita

Dados da Secretaria do Tesouro Nacional revelam que oito prefeituras piauienses estão com recursos do Fundo de Participa- ção dos Municípios bloqueados por dívidas com a Receita Federal. As pendencias são relacionadas ao Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) e afetam as prefeituras de Barreiras do Piauí, Brejo do Piauí, Curral Novo do Piauí, Flores do Piauí, Floriano, Manoel Emídio, Rio Grande do Piauí e Sebastião Barros.  
De acordo com a assessoria de imprensa da Receita Federal, normalmente o que ocorre é que esses municípios não recolhem os repasses para o Pasep na data prevista, e por conta da divida gerada com a União, ficam impedidos de receberem repasses federais, incluindo o FPM, principal fonte de receitas das prefeituras. Além do Pasep, débitos na Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) também podem ocasionar tal bloqueio. 
Ainda de acordo com a Receita, esses débitos são corrigidos com certa rapidez pelas prefeituras, uma vez que o FPM é essencial para o funcionamento das gestões municipais. 
A Confederação Nacional dos Municípios, entidade que representa as prefeituras afetadas pelo bloqueio, informou que encaminha, mensalmente, para o celular do gestor, a informação de bloqueio caso o Município tenha pendências na Receita Federal. A recomendação da entidade é que o gestor contate a Delegacia da Receita Federal de jurisdição e verifque as pendências existentes, providencie a regularização e em seguida leve as guias pagas à Delegacia da Receita Federal, para que o agente efetue o desbloqueio. 
Em todo Brasil, são 195 prefeituras na mesma situação. Ao O DIA, a Receita Federal ficou de encaminhar os valores do débito de cada prefeitura, mas até o fechamento desta edição, eles não tinham sido informados.

Fonte; Portal O Dia

`Guerra Política` paralisa Câmara Legislativa de Gilbués



Após transcorridas três sessões, não foi votado nenhum projeto de lei na Câmara de Vereadores de Gilbués, ou seja produtividade zero, o motivo é o embate político desencadeado em torno de uma possível  transgressão regimental praticada pelo presidente da casa, o vereador Ubiratan Veleda. O único projeto de lei que estava na pauta para votação de hoje (20), tratava da criação da Secretaria de Turismo do município de Gilbués, enviado pela Prefeitura, que deu entrada na casa na sessão do dia 30 de março. Inexplicavelmente os vereadores Henrique Guerra e Marino Júnior pediram vistas do projeto, sendo que a matéria já se encontrava na casa há vinte dias, tempo suficiente para análise e votação na sessão de hoje. No momento a Câmara de Vereadores de Gilbués não está cumprindo com a sua função maior, que é a de votar projetos em benefício da população. É necessário que os senhores vereadores reflitam, analisem, cedam, tenham humildade, dialoguem e busquem uma solução o mais rápido possível para esse malfadado impasse, sob pena de causarem prejuízos incalculáveis ao município de Gilbués.

O Vereador é a pessoa eleita pelo povo para cuidar do bem e dos negócios do povo em relação à administração pública, ditando as leis necessárias para esse objetivo, sem, contudo, ter nenhum poder de execução administrativa.
Portanto, não pode prometer, já que não tem poderes para cumprir e/ou realizar obras, resolver problemas da saúde, da educação, do esporte, da cultura, do lazer, do asfalto, do meio ambiente, do trânsito, dos loteamentos e casas populares, etc.
Sua atribuição é auxiliar a administração nesses objetivos, por meio de Indicações e/ou Requerimentos.
Os Vereadores têm quatro funções principais:
  1. Função Legislativa: consiste em elaborar as leis que são de competência do Município, discutir e votar os projetos que serão transformados em Leis, buscando organizar a vida da comunidade.
  2. Função Fiscalizadora: o Vereador tem o poder e o dever de fiscalizar a administração, cuidar da aplicação dos recursos, a observância do orçamento. Também fiscaliza através do pedido de informações.
  3. Função de Assessoramento ao Executivo: esta função é aplicada às atividades parlamentares de apoio e de discussão das políticas públicas a serem implantadas por programas governamentais, via plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias e lei orçamentária anual (poder de emendar, participação da sociedade e a realização de audiências públicas).
  4. Função Julgadora: a Câmara tem a função de apreciação das contas públicas dos administradores e da apuração de infrações político-administrativas por parte do Prefeito e dos Vereadores.




terça-feira, 18 de abril de 2017

Ministério Público investiga cirurgião dentista de Corrente por acúmulo de funções

A Promotora de Justiça Drª Gilvânia Alves Viana, Titular da 2ª Promotoria de Justiça de Corrente, Instaurou o Procedimento Preparatório de Inquérito Civil Público n° 005/2017, com o objetivo de investigar o cirurgião dentista João Rocha Mascarenhas, por acúmulo de funções em diversos municípios da região.
A promotora afirma que tomou conhecimento do fato através da análise dos dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), onde consta que o profissional acumula as funções de Cirurgião Dentista nos município de Corrente/PI, Barreiras do Piauí/PI, Riacho Frio/PI e Formosa do Rio Preto/BA, totalizando uma carga horária de 100 horas semanais, sem previsão legal para tanto, e que, em tese, podem configurar ato de improbidade administrativa.
A promotora determina, na portaria de instauração, que as secretarias de saúde dos municípios citados informem o cargo ocupado por João Rocha Mascarenhas nas respectivas redes municipais de Saúde, carga horária, local de lotação, e se o mesmo percebeu seus vencimentos de maneira regular, bem como encaminhar ficha de ponto ou controle de frequência do mesmo de janeiro até a presente data.
João Rocha Mascarenhas, que atualmente excerce o cargo de Coordenador de Saúde Bucal no município de Corrente, também será notificado, para que tome conhecimento da instauração, tendo o prazo de 15 dias para apresentar resposta.

Fonte: PortalCorrente

Alemães vão investir mais de R$ 4 bilhões no Parque Eólico de Santa Filomena

Uma empresa gaúcha iniciou dia 02 de abril de 2017 os estudos para medição dos ventos, visando a instalação de um parque eólico na Serra do Livramento, a 25 quilômetros da cidade de Santa Filomena, no extremo oeste do Piauí.
A torre, com 105 metros de altura, numa altitude acima de 500 metros, instalada na Fazenda N. S. Aparecida, do mato-grossense Jonas Maggi, irá produzir durante um ano (até o final de março de 2018) estudo detalhado das condições climáticas e da capacidade de produção de energia eólica.
Os dados são enviados para Santa Cruz do Sul (RS), sede da empresa que trabalha com a instalação de torres para levantamento de potencial eólico e solar em todo Brasil. Atua no Rio Grande do Norte, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Piauí, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Roraima.
Os estudos avaliam a velocidade/direção do vento, a temperatura, a umidade e uma série de determinações meteorológicas necessárias para nortear os investidores, que terão noção da quantidade de energia a ser produzida.
O Parque Eólico da Serra do Livramento, com 500 aerogeradores (torres), distribuídos em 3.000 hectares, será tocado por uma empresa alemã, que arrendou a propriedade de Jonas Maggi por um período de 20 anos.
Cada uma das 500 torres terá 80 metros de comprimento, podendo alcançar 110 metros com uma das pás (ou hélices ou “blades”) na vertical. Cada pá tem 30 metros de extensão. São três pás para cada torre. Mesmo sem acesso ao termo contratual, estima-se que o investimento alemão passará de R$ 4 bilhões, levando-se em consideração o custo de instalação de um Complexo Eólico, ao redor de US$ 1.500.000 por cada MW de capacidade instalada.
Por se tratar de um contrato mantido sob sigilo, quase não se consegue informações sobre o projeto. Mas estima-se que a capacidade do Parque Eólico Serra do Livramento seja de 750 megawatts, energia que daria para abastecer Curitiba, a capital do Paraná, com quase 2 milhões de habitantes.

Fonte: Com informações do Blog do José Bonifácio

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Atacante piauiense é a mais nova sensação do Sport Recife

Juninho                    Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife
Clube que revelou o artilheiro Leonardo, hoje no céu, e o lateral Renê, atualmente no Flamengo, o Sport Recife agora faz os olhos de seus torcedores brilharem com mais um talento piauiense. 
Edimar Ribeiro da Costa Junior, o Juninho, tem apenas 17 anos, mas entrou com tudo no time profissional do Sport. Já são cinco gols pelo Leão, dois deles em uma virada espetacular no último domingo (16). 
Na Ilha do Retiro, o Spotr perdia por 2 a 1 para o Náutico. Juninho virou o jogo com gols aos 44 e 46 minutos do segundo tempo, para frustração goleiro Tiago Cardoso, também piauiense. 
No meio da semana passada, ele já havia entrado em campo na vitória por 2 a 1 sobre o Joinville, pela Copa do Brasil, marcando o gol da vitória, sem ângulo. Ficou tão empolgado que tirou a camisa e jogou para a torcida. 
O primeiro gol de Juninho como profissional foi na Copa do Nordeste, no jogo de ida das quartas-de-final, contra o Campinense (PB). Enquanto o conterrâneo Augusto comemorava do outro lado, o garoto da cidade de Amarante fez o gol de honra, que permitiu ao Sport jogar por um resultado mais tranquilo na partida de volta e se classificar para a semifinal. 
Pelo Campeonato Pernambucano, Juninho já havia deixado sua marca em um jogo contra o Central. 
Juninho foi um dos artilheiros da Copa do Brasil Sub-17, no ano passado, com sete gols. No ano passado, o talento foi convocado para a seleção brasileira da mesma faixa etária. 
Integrado ao elenco profissional do Sport em janeiro, o jogador foi descoberto em uma peneira na cidade de Amarante, a mesma do lutador do UFC Francisco Massaranduba. Já há quem defenda o garoto no time titular. Parece cedo, né? O técnico Ney Franco deve decidir. 
Mas se for pelo apelido, o atacante tem tudo para fazer sucesso no Sport. A torcida que vibrou com Juninho Pernambucano nos anos 1990 parece que vai cair nas graças agora do Juninho Piauiense.

Fonte: CidadeVerde

Tribunal de Contas aprova por unanimidade a prestação de contas da Prefeitura de Corrente de 2014

Jesualdo Cavalcanti, ex-prefeito de Corrente
O Tribunal de Contas do Estado, através de sua segunda câmara, aprovou por unanimidade, com parecer favorável do Procurador Pinheiro Júnior, a prestação de contas da Prefeitura de Corrente de 2014, sob a administração do ex-prefeito Jesualdo Cavalcanti, e da Câmara Municipal de Corrente de 2014, cujo presidente era o vereador Flávio Rivelino.
As contas foram relatadas pelo Conselheiro Kennedy Barros, presidente da segunda câmara, cujo parecer foi acompanhado pelas Conselheiras Lílian Martins e Waltânia Alvarenga, contando ainda com manifestações favoráveis dos Conselheiros substitutos Delano Câmara e Jackson Veras.

Fonte: Portal Corrente

domingo, 16 de abril de 2017

Prefeitos vão cobrar em Brasília solução para BR 135

Os prefeitos do Sul do Piauí vão cobrar, em Brasília, uma solução urgente para a situação da BR 135, que tem importância crucial para o transporte no Estado. A BR 135 se transformou num verdadeiro drama, concentrando a maioria das mortes em rodovias que cortam o Piauí e também quebrando o ritmo de crescimento da região sul.
A movimentação por uma solução para a rodovia começou com a Associação dos Prefeitos do Extremo Sul do Piauí (Ames), que no mês passado decidiu agir de forma ordenada e coletiva. Ao invés de pedidos isolados desse ou daquele prefeito junto a determinado congressista, está se desenhando uma ação conjunta. E ela se materializará de forma mais consistente durante da Marcha dos Prefeitos, que está marcada para os dias 15 a 17 de maio.
Os prefeitos piauienses vão ter um encontro com a bancada do Estado no Congresso. Querem que os deputados e senadores – todos eles – se comprometam com a busca de uma solução para o problema. E querem fazer isso com dados de todo tipo e vozes as mais diversas, defendendo a necessidade de alargamento da rodovia.
Por isso mesmo, o movimento que era setorial conta com o apoio institucional da APPM. E no encontro com os congressistas estarão representantes de órgãos como o DNIT – que tem projeto de duplicação mas não tem dinheiro alocado. Ou do superintendente da Polícia Rodoviária Federal, que pode ressaltar o drama da BR em número de acidentes e de mortes – mais der 80% dos óbitos em rodovias federais que cortam o Piauí.
Também estarão em Brasília representantes dos produtores dos cerrados, que poderão falar dos problemas de infraestrutura – que não se resumem à BR 135, mas em que ela é parte significativa. A 135 foi construída numa época que o sul do Piauí não conhecia nem soja nem os caminhões gigantes que a transportam. Precisa ser repensada.
Hoje, a BR 135 é estreita, quase não tem acostamento e, quando tem, há desnível de até 35 centímetros em relação ao leito da pista. Isto é: o acostamento vira arapuca; um convite ao desastre Daí, a proposta que vai ser apresentada aos congressistas é a de alargamento da rodovia.
Os prefeitos vão dizer: tem projeto; falta grana. E aí está o papel da bancada: pensar conjuntamente, agir coletivamente, assegurar recursos orçamentários da União e garantir a concretização de uma obra que será de grande valia para os piauienses. Inclusive os piauienses do Norte, que têm na BR 135 um canal de ligação com a parte sul do estado e com o centro-sul do país.

Fonte: CidadeVerde

sábado, 15 de abril de 2017

MP pedirá prisão de condenados por corrupção no Piauí

O procurador-chefe da Procuradoria da República no Piauí, Marco Aurélio Adão, disse, em entrevista ao Jornal Meio Norte, que vão ser solicitadas prisões imediadas dos políticos, gestores e ex-gestores público que tiverem suas condenações por corrupção e desvio de recursos públicos pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, em Brasília.
Ele afirmou que já tem um caso de ex-prefeito do Piauí preso por ter sido condenado por colegiado do Poder Judiciário, já que recurso para outra outra instância não suspende a aplicação da prisão.
“Já há um caso de prisão aqui no Estado do Piauí e, pelo que estou sabendo, alguns outros e há alguns outros que estão sendo encaminhados. Essas questões estão sendo encaminhadas e são acompanhadas em Brasília porque o Tribunal Regional Federal funciona no Distrito Federal. A partir de Brasília é que essas ordens de prisão são proferidas, mas eu sei que há um trabalho de atenção em relação a esse aspecto e quando houver uma confirmação da condenação feita pelo Tribunal haverá um pedido de prisão imediatamente aplicado”, afirmou Marco Aurélio Adão.

Meio Norte – Como ficou a programação da Procuradoria da Republica no Piauí para este ano?
Marco Aurélio Adão – A nossa programação é tratada no planejamento estratégico do Ministério Público nacional e essas prioridades são traçadas em reunião com as unidades de todo o Brasil. A prioridade da Unidade do Piauí é o combate à corrupção. Nós traçamos estratégias para aprimorar essa estratégia com a conjugação de esforços com outras instituições que trabalham em outras áreas, como o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do Ministério Público Estadual, promovendo ações de combate à corrupção.
Meio Norte – No Piauí, de que forma esse combate à corrupção se ´concretiza?
Marco Aurélio Adão – Se concretiza com os resultados que tem sido vistos diuturnamente na imprensa. Nós temos conseguido, cada vez mais, aprimorar esse trabalho, com operações como a feita pelo Gaeco de prisão de empresários do Ceará que vendiam produtos e serviços superfaturados para Prefeituras do Piauí, e com diversas condenações, que têm sido recentemente divulgadas da imprensa. Tem sido isso o resultado de um trabalho que tem sido realizado de curto e médio prazo e que vai continuar.
Meio Norte – Quais são esses resultados?
Marco Aurélio Adão – Eu ressaltaria que o ponto central desse trabalho, desse novo paradigma é a união das instituições que combatem a corrupção, que fiscalizam a aplicação de recursos públicos buscando mais eficiência nesse combate à corrupção.
Meio Norte – Para este ano, como está a questão dos políticos e gestores que foram condenados por corrupção e desvio de recursos públicos que foram condenados pelo Pleno dos Tribunais Regionais e Superiores e podem ser presos mesmo recorrendo das decisões tomadas por colegiado do Poder Judiciário?
Marco Aurélio Adão – Já há um caso de prisão aqui no Estado do Piauí e, pelo que estou sabendo, alguns outros e há alguns outros que estão sendo encaminhados. Essas questões estão sendo encaminhadas e são acompanhadas em Brasília porque o Tribunal Regional Federal funciona no Distrito Federal. A partir de Brasília é que essas ordens de prisão são proferidas, mas eu sei que há um trabalho de atenção em relação a esse aspecto e quando houver uma confirmação da condenação feita pelo Tribunal haverá um pedido de prisão imediatamente aplicado.
Meio Norte – No caso flagrado pelo Gaeco, do Ministério Público Estadual, foi de um cartel de empresas do Ceará que assinou contratos de contratação de serviços com a Prefeitura de Cocal e Prefeituras da região Norte para desviar recursos públicos através de licitações fraudulentas e pagamento de propinas para gestores públicos. Essa atuação de cartel oferecendo um leque de serviços superfaturados para as Prefeituras é novidade no Piauí?
Marco Aurélio Adão – Na verdade, os modelos de corrupção variam em alguns pontos, mas costumam sendo os mesmos, são fraudes documentais com vistas ao desvio de recursos públicos. Nesse caso existe realmente essa peculiaridade, o que merece todo o nosso entusiasmo porque foi uma ação coordenada no Gaeco, com a participação de todas as instituições, e que descobriu essa conexão interestadual, que, realmente aplicava, pelo que se apurou, golpes com vistas ao desvio público, inclusive, recursos públicos federais. Porém, é um modelo que nós já conhecemos e estamos preparados para descobrir e combater.
Meio Norte – Por que os crimes de corrupção se repetem com a mesma metodologia e com os gestores públicos, funcionários e empresários conscientes de que serão flagrados pelos órgãos de controle?
Marco Aurélio Adão – Na verdade, não é fácil de descobrir, o trabalho exige muito esforço das instituições. A investigação é sempre feita dentro das regras legais, no Estado democrático de direito, preservando direitos e garantias individuais. Isso é uma marca. Não transigimos em relação à defesa e respeito aos direitos dos cidadãos. O ponto central que está por trás de tudo isso é que existe uma balança, com o risco de ser punido e os benefícios econômicos obtidos com a corrupção. Essa balança no Brasil costumava ser desequilibrada e, ainda, está desequilibrada, porque o lucro que se obtém com a corrupção ainda é muito maior do que o risco de ser punido. O nosso trabalho tem sido e, vai continuar sendo, no sentido em que essa balança volte a se equilibrar e que o risco de ser punido seja muito maior do que os benefícios obtidos com o crime.
Meio Norte – Tem grupos novos atuando no Piauí na área da corrupção e de desvio de recursos públicos federais?
Marco Aurélio Adão – É bem provável que sim. Nós temos trabalhos de investigação em curso e esperamos que nos próximos anos e meses obtenhamos mais resultados a exemplo do que vem ocorrendo.
Meio Norte – Como tem se dado a recuperação do dinheiro público desviado no Piauí?
Marco Aurélio Adão – Essa é outra meta importante. No âmbito nacional, há uma virada do paradigma, da percepção do combate à corrupção e ela está hoje centrada na recuperação de ativos, tanto quanto punir os responsáveis por corrupção, crimes e atos de improbidade, a recuperação do dinheiro desviado com práticas ilícitas. Isso é feito através de bloqueios judiciais, sempre com ordens judiciais emitidas durante o curso das investigações e procedimentos e, depois, com a condenação e final do processo, se reverta em prol da sociedade. Esse é um trabalho que tem sido uma nova meta, um novo foco de investigação adotado por todos os órgãos e a tendência é que tenhamos mais resultados nesse sentido.
Meio Norte – Quais tem sido os resultados no Piauí?
Marco Aurélio Adão – Temos avançado bastante, já temos bastante decisões com bloqueio de bens no Piauí e virá, depois, a recuperação desse dinheiro depois.
Fonte: MeioNorte