segunda-feira, 5 de junho de 2017

Novo presidente da Funasa afirma que não haverá cortes para o Piauí

O novo presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Rodrigo Sergio Dias, afirmou, nesta segunda-feira (05), que os recursos para o Piauí estão manditos mesmo com a mudança da gestão, que antes tinha à frente do órgão o piauiense Henrique Pires. 
Rodrigo Dias participou de uma reunião hoje pela manhã com o governador do Piauí, Wellington Dias, no Palácio de Karnak, no Centro de Teresina. Ele disse ainda que do orçamento geral da Funasa, cerca de 13 a 15% que são destinado para o Piauí, não será alterado. 
“Nós não temos interesse de alterar essa porcentagem. Hoje o valor do PAC está girando na casa de R$ 800 milhões a R$ 1 bilhão. Nós vamos tentar manter nos 15% do orçamento da Funasa, que já estava sendo aplicado na gestão anterior”. 
Em entrevista rápida após a reunião, realizada a portas fechadas, o presidente da Funasa ressaltou que o encontrou ocorreu para ressaltar a importância da parceria com o governo estadual. 
“A Funasa quer continuar andando de mãos dadas com o Governo, como sempre ocorreu no Piauí. Nós viemos conversar com o governador e dizer que nada foi alterado em função da mudança na gestão da Funasa. Vamos continuar com os investimentos no Estado, vamos dinamizar e ampliá-los, para combater tanto a crise hídrica como a questão da crise econômica, pois os investimentos também geram empregos”, disse Rodrigo Sergio Dias. 
O presidente ressaltou que hoje foi apenas uma visita de cortesia e, posteriormente, irá conhecer presencialmente as obras com recursos da Funasa no Piauí. Por estar há pouco tempo no cargo, Rodrigo Dias está conhecendo a dinâmica, recursos e investimentos do órgão. 

Novo presidente da Funasa, Rodrigo Dias (Foto: Roberta Alline/Cidadeverde.com)

Fonte: CidadeVerde