quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Governador anuncia PPP para gerir serviço de água e saneamento no interior

O governador Wellington Dias  (PT) anunciou nesta quarta-feira (18) que o Estado já está trabalhando em uma Parceria Público Privada (PPP) para gerir o sistema de abastecimento de água e saneamento no interior do Piauí. O governo vai tomar como exemplo a subconcessão da Agespisa em Teresina para a Águas de Teresina. A empresa está atuando há 90 dias na capital.
“Eu creio que ainda este ano, pela pactuação que fizemos, nós vamos poder lançar o edital para a região sul. Mas numa perspectiva de poder alcançar todo o Piauí”, afirmou ao visitar o terminal rodoviário Lucídio Portela na manhã de hoje, também gerido por uma PPP.
Para o governador, as PPPS são alternativas para melhorar obras públicas com recursos privados, no entanto, mantendo o serviço público. “Nós temos um modelo que o serviço continua público, como é o caso aqui da rodoviária, mas é permitido a um privado vir aqui investir”, ressalta.
Novas PPPS estão previstas para Teresina, como é o caso do Parque de Exposições Dirceu Arcoverde; o Centro Administrativo, que deve ganhar um edifício garagem, além da Transcerrados e as praças de esporte Verdão e Albertão.
“Eles estão precisando de aplicação de recursos e a PPP é a saída”, declarou o secretário de administração, Franzé Silva.
Rodoviária
Até agora, já foram investidos R$3,2 milhões no Terminal Rodoviário Lucídio Portela.  A conclusão da obra está prevista para o primeiro semestre do próximo ano. O terminal está sob a administração da empresa Sinart, concessionária que gere também os terminais de Picos e Floriano desde o final de 2015, quando o contrato foi assinado através da Superintendência de Parcerias e Concessões (SUPARC).

Fonte: CidadeVerde