quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Bandidos explodem caixa eletrônico do Banco do Brasil de Miguel Alves

A população de Miguel Alves, a 118 quilômetros de Teresina, amanheceu o dia assustada após a ação de bandidos na agência bancária do município durante a madrugada. Pelo menos seis homens armados com fuzis explodiram um caixa eletrônico do Banco do Brasil por volta das 3h40min. O ataque acontece no dia seguinte a uma operação da Polícia Civil para combater justamente crimes praticados contra instituições financeiras no Piauí e que resultou na prisão de dez pessoas.
Segundo a Polícia Militar, a quadrilha chegou a Miguel Alves em um veículo modelo Gol de cor escura, instalaram as bananas de dinamite em um dos terminais, explodiram a estrutura de metal e fugiram em direção às cidades de Porto e Barras. Na saída de Miguel Alves, os criminosos ainda atearam fogo em um carro modelo Pálio Weekend de placa MIJ-0563, de Teresina.
“Além de incendiarem o carro, eles ainda colocaram miguelitos no asfalto, aqueles pregos pequenos, que acabaram furando os pneus de uma viatura e de outros veículos que passaram pelo local. O intuito do bando era fechar a via de acesso à cidade”, relata o capitão Miguel Luz, comandante da Força Tática de União, que está dando reforço ao batalhão de Miguel Alves nas buscas aos criminosos.
O Banco do Brasil de Miguel Alves encontra-se isolado no momento, enquanto as equipes da PM aguardam a chegada da perícia. Até o momento, a instituição financeira ainda não informou se os bandidos conseguiram levar algo da agência nem de quanto teria sido essa quantia. Para a polícia, caso tenha sido subtraído algum valor, o montante pode ser pequeno, já que se trata de fim de mês e os caixas ainda não teriam sido reabastecidos para os pagamentos de dezembro.

Foto: Portal Miguel Alves
Até o início da manhã desta quinta-feira (30), a polícia ainda não tinha informações sobre a localização dos criminosos nem suas identificações. Serão colhidas imagens do circuito interno de câmeras do Banco do Brasil que podem ter filmado toda ação dos bandidos.

Fonte: Portal O Dia