quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Aprovada lei que exige profissional de Educação Física nas escolas

Marden Menezes, deputado estadual
Os deputados da Assembleia Legislativa do Piauí aprovaram, por unanimidade, o projeto de autoria do deputado Marden Menezes (PSDB) que torna exclusiva e obrigatória a contratação de profissional graduado em educação física e registrado no Conselho Regional de Educação Física para ministrar aulas da disciplina nas escolas públicas e privadas do Piauí. O projeto de lei nº 84/17 segue agora para o Palácio de Karnak, para sanção do governador Wellington Dias. 
Marden comemorou a aprovação do projeto e chamou a atenção para os benefícios de ter orientação de um profissional habilitado nas escolas do estado. “Esse é um avanço para centenas de milhares e jovens que estão lutando pelo seu diploma de educador físico. É um avanço também na justiça que se faz com toda uma categoria de profissionais que só visa o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida da nossa sociedade. Mas acima de tudo, é proteger as nossas crianças e adolescentes que terão a devida orientação na sua formação física, psíquica e social, uma vez que a educação física caminha lado a lado com a saúde e com educação em si da pessoa humana”, frisou o parlamentar.
De acordo com o projeto, todas as escolas da educação básica, ou seja, da educação infantil ao ensino médio, deverão se adequar ao projeto. Elas terão o prazo de um ano, depois da sanção, para adotar o que está disposto na proposta.
Para o deputado Marden Menezes, a aprovação do projeto é também uma forma de garantir o adequado desenvolvimento de crianças e jovens de todo o Piauí. "Uma orientação adequada, uma orientação feita da forma correta desde o início da vida escolar da criança é a garantia que ela terá condições de competir, de se desenvolver, de se socializar e viver em harmonia no mundo que vivemos", destacou o parlamentar.

Fonte: CidadeVerde