quinta-feira, 8 de março de 2018

CCJ do Senado rejeita proposta de Ciro para regulamentar jogos de azar

Ciro Nogueira, senador (PP-PI)
A Comissão de Constituição e Justiça do Senado Federal rejeitou a proposta do senador Ciro Nogueira (Progressistas) que autoriza a exploração de bingos, jogo do bicho, videojogo e outras modalidades de apostas (PLS 186/2014).
Por força de requerimento, o texto que havia sido aprovada no ano passado na Comissão Especial de Desenvolvimento Nacional, vai agora para plenário, com parecer contrário da CCJ.

Ciro defende um marco regulatório para a exploração de jogos, trazendo incremento das receitas públicas através da arrecadação de impostos e geração de empregos.

"O Brasil hoje é um dos países em que mais se joga no mundo. O mercado clandestino movimenta cerca de R$ 20 bilhões por ano", defende o senador piauiense.

Na CCJ, a proposta acabou sendo rejeitada graças a votos em separado dos senadores Magno Malta (PR-ES) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), com argumentos de que o projeto é "permissivo" e traria efeitos "nefastos".

Fonte: 180Graus