domingo, 25 de março de 2018

Delegados reivindicam condições de trabalho e paralisam a partir de terça-feira

Presidente do Sindepol, delegada Andrea Magalhães

Delegados do Piauí irão paralisar as atividades em protesto contra falta de condições de trabalho. Segundo a categoria, estaria havendo uma desvalorização profissional e o caos foi instalado na Segurança Pública devido a inércia do governo e, por isso, em assembleia nessa sexta-feira (23), foi  fazer uma "Operação Padrão", com paralisações alternadas.
Em nota, o sindicato (Sindepol) informa que, primeiramente, os delegados vão parar por duas horas na terça-feira (27), e irão se concentrar na assembleia legislativa do Piauí a partir das 09h. No dia seguinte, começam as paralisações em delegacias, iniciando pelo 1° distrito policial, no centro de Teresina, na quarta-feira (28).
Ainda de acordo com o sindicato, todos os delegados se concentrarão no Distrito Policial, previamente indicado, e farão uma inspeção minuciosa de toda estrutura da delegacia, assim como analisarão as escalas de serviço, a cota de combustível, efetivo, regularidade nas documentações das viaturas e regularidade nas licenças dos computadores. Com isso, será elaborado circunstanciado relatório, o qual será encaminhado às autoridades competentes.

Já no interior, a concentração será, preferencialmente, nas delegacias regionais.

“O Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Piauí informa que referidas ações terão ainda caráter informativo, pois, será apresentada à população a situação de abandono que se encontram as ununidades policiais”, diz a nota.