quinta-feira, 31 de maio de 2018

R$ 315 milhões | Caixa diz que vai liberar recursos do Finisa II em 5 dias úteis


A Caixa Econômica Federal concordou em liberar, em até cinco dias uteis, os R$ 315 milhões concedidos ao estado do Piauí através de empréstimo, via contrato de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento, o chamado Finisa II.
Na manifestação, protocolada na noite desta quarta-feira (30/05), Caixa informou que jamais quis descumprir ou retardar o cumprimento de qualquer decisão do Supremo Tribunal Federal, no qual tramita ação movida pelo estado do Piauí, para o desembolso dos recursos.
Ao blog, o procurador Geral do Estado do Piauí, Plínio Clerton Filho, disse que essa é uma importante vitória. Agora, ele diz, é aguardar o efetivo desembolso e garantir o prosseguimento de importantes obras para o estado na área de mobilidade.
Apesar do ministro Edson Fachin ter determinado a apresentação de um cronograma de desembolso, a Caixa alega que o contrato do Finisa II tem cláusula específica que prevê a liberação do montante em parcela única.
Na mesma manifestação, a Caixa pede ainda a reconsideração da decisão liminar proferida pelo ministro relator, quanto à aplicação de multa, considerando que não houve resistência para seu cumprimento.

Fonte: 180Graus

quarta-feira, 30 de maio de 2018

Caixa tem até hoje para apresentar cronograma dos R$ 315 milhões

Edson Fachin, ministro do STF
Termina nesta quarta-feira (30) o prazo de 48h dado pela liminar do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinando que a Caixa Econômica Federal apresente o cronograma de desembolso do empréstimo de R$ 315 milhões ao Governo do Estado do Piauí. Esta é a segunda vez que o Supremo se posiciona a favor do Piauí para a liberação do empréstimo.
A decisão do ministro, que atende a uma ação da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), deu o prazo de até a próxima quarta-feira (30) para apresentação de um cronograma de liberação dos recursos para o Piauí. Por descumprir a primeira decisão deferida por Fachin em abril, a Caixa já acumula multa que ultrapassa R$ 1,5 milhão.
“A PGE vai cobrar da Caixa para diminuir os prejuízos dos atrasos das obras no estado. São aproximadamente R$ 1.750.000, vamos cobrar essa multa da Caixa além de cobrar um cronograma”, informou o procurador-geral do Estado, Plínio Clerton.
No processo favorável ao Governo do Piauí, Fachin analisou os pedidos impetrados pela Caixa e pela PGE-PI. O parecer não firma os argumentos dados pelo banco para o não repasse dos recursos. “A instituição financeira (Caixa) não trouxe elementos aptos a demonstrar o desacerto da medida”, afirma o ministro no documento.
O contrato prevê a aplicação dos recursos em 180 dias. A Procuradoria Geral do Piauí já esteve no Supremo onde colheu cópia do processo para a execução. “Agora é aguardar que a Caixa cumpra essa decisão”, apontou Plínio.
Caso não seja cumprida a decisão, será aplicada também multa por “ato atentatório” contra a dignidade da Justiça, no valor de até 10 vezes o salário mínimo. Em caso de não cumprimento, o processo será enviado ao Ministério Público Federal para apuração de eventual crime de desobediência.

Financiamento

Os R$ 315 milhões são oriundos de financiamento adquirido pelo Governo do Piauí por meio de produto financeiro lançado pela Caixa. Os recursos são destinados para fins de realização de obras de infraestrutura, implantação e recuperação de rodovias, melhoria na mobilidade urbana e saneamento básico, com recursos oriundos do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). Centenas de obras em praticamente todos os municípios do estado aguardam a liberação dos recursos para dar continuidade a execução dos projetos.
Fonte: Portal AZ

terça-feira, 29 de maio de 2018

Abastecimento de postos no Estado deve ser normalizado em uma semana


O abastecimento dos postos de combustíveis do Estado será totalmente normalizado dentro de uma semana. Segundo o presidente do Sindicato dos Postos, Alexandre Cavalcante, esse é o tempo necessário para que a todos os postos voltem a funcionar normalmente depois da liberação dos caminhões que transportavam combustível na noite desta segunda-feira (28), no Terminal de Petróleo de Teresina.
Alexandre conta que apenas nesta madrugada, cerca de 5% dos postos em todo o Piauí já teriam sido abastecidos. Segundo ele, será feito um regime de plantão para garantir o abastecimento total no prazo.
“No estado, hoje pela manha, já tinham sido abastecidos 5% dos postos. Os caminhoneiros, postos e distribuidoras vão trabalhar 24 horas para normalizar a situação o quanto antes. Assim que liberou o terminal, começou a abastecer. O pessoal trabalhou a noite toda”, explica o presidente do sindicato.
Depois de mais de 12 horas de negociações entre a Polícia e os manifestantes, os caminhões retidos no Terminal de Petróleo de Teresina conseguiram ser liberados. Segundo o coronel Márcio Oliveira, comandante de Operações Especiais da Polícia Militar, até hoje de manhã mais de 200 caminhões já tinham saído do terminal com destino à capital e ao interior do Estado.
“Nós não temos o número exato tanto da quantidade de caminhões quanto de combustíveis iremos ter essa informação previamente, mas seguramente uns 200 caminhões desse terminal, mais 25 do outro terminal já saíram”, explica o coronel Márcio Oliveira.
Na manhã desta terça-feira (29) já se podia encontrar filas de veículos se formando em postos abastecidos espalhados por toda a cidade.

Fonte: Portal AZ

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Câmaras de Vereadores do Piauí terão que disponibilizar “Sala de Contas” para os cidadãos

Promotor Maurício Souza

As Câmaras de Vereadores dos municípios de Nossa Senhora do Nazaré, de Sigefredo Pacheco e de Jatobá do Piauí, através dos seus presidentes, firmaram acordo com o Ministério Público do Piauí no sentido de que estes disponibilizem uma sala, denominada de “Sala de Contas”, para que o cidadão tenha acesso às prestações de contas das respectivas casas legislativas e do município de um modo geral.
O promotor de Justiça Maurício Gomes de Souza esclareceu aos gestores municipais legislativos que do “comando constitucional do artigo 70” é possível se extrair “que qualquer pessoa que venha administrar rendas e bens públicos no Brasil é obrigada a prestar contas”.

O objetivo do termo de ajustamento de conduta firmado entre as Câmara Municipais e Ministério Público é a “adoção de diversas medidas de gestão administrativa para disponibilizar a população em geral acesso aos processos de prestação de contas, garantindo a eficiente observância das leis administrativas e orçamentárias, resguardando, notadamente, o princípio da legalidade, moralidade e eficiência administrativa”.
Para isso as Câmaras terão que “destinar cômodo exclusivo em suas dependências, a ser denominado "Sala de Contas", com o fim de armazenar e disponibilizar para consultas por qualquer cidadão previamente identificado, qualquer prestação de contas gerais e os balancetes mensais da Administração Municipal direta ou indireta, inclusive, fundos contábeis e/ou especiais, e da própria Câmara Municipal, ou outra documentação prevista em lei que se refira à prestação de contas públicas, notadamente, dos balancetes mensais do ano em curso e as prestações de contas gerais dos últimos cinco anos". O prazo para cumprimento da demanda é de 30 dias após assinatura do acordo.
Esse acordo prevê ainda que “os documentos referidos devem ser previamente digitalizados e disponibilizados em mídia a qualquer cidadão interessado”, sendo repassados “em até dez dias úteis do recebimento dos documentos físicos pela Câmara Municipal”.
As Casas legislativas devem ainda “disponibilizar e manter por dez anos em internet, no portal da transparência da Câmara Municipal”, todos os documentos referentes às prestações de contas públicas.
O prazo para cumprimento dessa nova sistemática é o ano de 2018, apresentados ao poder legislativo municipal no ano de 2019, segundo a previsão do acordo.
O presidente da Casa legislativa não poderá criar obstáculos, a não ser para manter a ordem, àqueles que quiseram adentrar à Sala de Contas e terem acesso aos dados públicos.

Fonte: 180Graus

Morador é feito refém durante roubo a residência em Monte Alegre do Piauí


Um morador foi feito refém por criminosos que realizaram um arrastão na residência da vítima. O crime aconteceu na Rua Baiana, pelo menos dois bandidos teriam participado da ação armados com um revólver e uma faca na madrugada deste domingo, o crime ocorreu na cidade de Monte Alegre do Piauí. Segundo moradores da rua onde ocorreu o roubo, a residência já havia sido roubada anteriormente, sendo que desta vez foi levado cerca de 10 mil e uma TV de 32 polegadas.

Fonte: portal Fala Piauí

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Mais de 40 mil eleitores cadastrados no Piauí já emitiram o e-Título


Disponibilizado pela Justiça Eleitoral em dezembro do ano passado, o aplicativo e-Título que permite acesso, por meio do smartphone ou tablet, a uma via digital do título eleitoral, já está sendo utilizado no Piauí. Até agora foram emitidos 44.933 títulos eleitorais pelo aplicativo e-Título no Estado.
Para ter acesso ao documento digital, o eleitor deverá baixar o aplicativo e-Título, que já está disponível no Google Play e no App Store. Ao inserir no aplicativo, o número do seu título eleitoral, seu nome, o nome da mãe e do pai e a data de nascimento, o e-Título será validado e liberado. O e-Título foi desenvolvido em uma plataforma híbrida e pode ser utilizado por aparelhos que usam a plataforma Android e IOS.
Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado localmente e ficará disponível ao eleitor. A versão digital do título consta a foto do eleitor, mas somente aquele que já fez o recadastramento biométrico, ocasião em que foi capturada a foto e suas impressões digitais. Com a versão digital do seu título, o eleitor que já fez a biometria poderá se identificar e votar nas Eleições Gerais de outubro de 2018.
Os eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico podem baixar o aplicativo para usar no dia da eleição, mas terão de apresentar um documento de identificação com foto.
Para a Justiça Eleitoral, o e-Título é uma alternativa à emissão de títulos em papel que representará redução dos custos com a impressão de segundas vias e suprimentos para impressoras. Para o eleitor, o benefício consiste na facilidade de ter os seus dados eleitorais sempre seguros e disponíveis, diminuindo os riscos de extravios. O aplicativo e-Título foi desenvolvido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) e está sendo utilizado em todo o país.
Além de obter uma via digital do seu título, ao baixar o aplicativo, o eleitor pode ter acesso a informações sobre a sua quitação eleitoral e um QR Code que pode ser utilizado para validação dessa informação fornecida pela Justiça Eleitoral.
Fonte: Portal AZ

quinta-feira, 24 de maio de 2018

TCE alerta 162 municípios por descumprimento de limites da LRF


O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI) vai notificar os prefeitos de 162 municípios piauienses que ultrapassaram os limites de alerta, prudencial ou legal da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), com relação a gastos com pessoal. A notificação foi aprovada na sessão plenária desta quinta-feira (24), com base em memorando da DFAM (Diretoria de Fiscalização da Administração Municipal). 
A notificação é para dar conhecimento aos gestores da situação e, de acordo com a circunstância, para que adotem imediatamente as providências cabíveis para colocar as despesas com pessoal dentro dos limites estabelecidos pela LRF. A LRF fixa em 54% da receita corrente líquida o limite legal de gastos com pessoal nos municípios. Mas os gestores devem ser notificados quando passam a gastar 48,6% (limite de alerta) e 51,30% (limite prudencial) da receita corrente com pessoal. 
Dos 162 municípios que estão sendo notificados pelo TCE-PI, muitos já gastam mais de 54% com pessoal, outros ultrapassaram o limite prudencial de 51,30% e alguns estão acima do limite de alerta de 48,6%. A capital Teresina, por exemplo, gasta 48,79% de suas receitas com pessoal – ou seja, ultrapassou o limite de alerta. Os dados são relativos ao 3º quadrimestre ou 2º semestre do exercício de 2017, conforme o memorando assinado pelo diretor-substituto da DFAM, Mazerine Henrique Cruz Lima. 
No documento, ele alerta que o descumprimento do limite legal da despesa com pessoal (54%), sem a adoção de providências para redução dos gastos e recondução ao limite, poderá resultar em penalidades como cassação do mandato e perda da função pública do prefeito, impedimento ao município de recebimento de transferências voluntárias, multa ao gestor, dentre outras.
Fonte: TCE

Ótica Redenção inaugura loja em Gilbués e fará consulta grátis no próximo dia 30


A Ótica Redenção, empresa com referência em visão já está funcionando na cidade de Gilbués, e trará no próximo dia 30 (quarta), no horário das 08 às 12h, o Dr. Eliseu Silveira, renomado profissional na área, com consulta grátis. A Ótica Redenção trabalha com:
- armações nacionais e importadas,
- Últimos lançamentos em armações,
- Consultas Computadorizadas,
- Consultas grátis,
- Agilidade na entrega do seu óculos,
- Divide tudo em 12x em todos os cartões ou em 10x no crediário da casa,
- 1 ano de garantia mais manutenção do seu óculos.
A Ótica Redenção fica localizada na rua Anísio de Abreu - centro (em frente ao Banco do Brasil) - Gilbués/PI.
Fones: (89) 98109-9202 / (89) 99939-7792





quarta-feira, 23 de maio de 2018

DFB: Weider Silveiro pede respeito às mulheres em nova coleção

Weider Silveiro
por Yuri Ribeiro
O piauiense Weider Silveiro volta seu trabalho para preencher uma lacuna existente no mercado de moda nacional no segmento de feminino jovem, apresentando coleções sazonais que têm como principal característica a junção de design contemporâneo com matéria prima experimental. Mais uma vez ele fez menção feminismo, desfilando uma coleção que faz uma exaltação da feminilidade e um pedido por respeito à mulher. As criações possuem mix de padronagens clássicas como o poá e o floral,  a partir do contraste entre azuis e verdes.
Dragão Fashion Brasil – Festival
Com uma intensa programação multicultural, o DFB Festival 2018 consagrou-se, por mais um ano consecutivo, como uma das principais fashion weeks do País. Com a proposta de lançar um olhar de 360º sobre todos os setores da sociedade, esta edição também teve como norte a importância de transformar e manifestar a pluralidade envolvida na moda e na cultura, assegurando a máxima participação de todos os indivíduos, sem discriminação, censura ou limitação.
Unindo a moda à cultura, à música, à gastronomia, à formação e ao empreendedorismo e a todos os princípios da economia circular e criativa, o DFB Festival 2018 foi, por mais um ano, sucesso absoluto de público e se despede deixando saudades e grandes expectativas para a edição de 2019. Cláudio Silveira, diretor do evento, agradeceu a presença do público e de todos os parceiros, prometendo preparar uma edição ainda mais atual, vibrante e envolvente no ano que vem.
Fonte: Portal O Dia

Desenvolvimento econômico no Turismo, Cultura e Agricultura são destaques em painel


Alternativas para o desenvolvimento econômico das cidades foram apresentadas aos gestores na tarde desta terça-feira, 22 de maio, na XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) elencou experiências exitosas nas áreas de Turismo, Cultura e desenvolvimento rural.
A entidade defende que o trabalho integrado dessas três áreas pode impulsionar a economia das cidades. O consultor da CNM, Mário Nascimento, reiterou esse trabalho conjunto para alcançar resultados efetivos. “O Turismo, a agricultura e a cultura podem agregar riqueza ao país e fazer do Brasil uma economia mundial”, considerou.
O presidente da Associação dos Municípios Mato-grossenses (AMM), Neurilan Fraga, tem o mesmo entendimento. “O Turismo é o vetor que mais gera emprego e desenvolvimento”. O diretor do Ministério do Turismo Neovaldo Lima detalhou algumas ações que a Pasta oferece aos gestores como, por exemplo, o Plano Nacional de Turismo. Ele lembrou que a atividade turística possui ramificações com atrativos. “O turismo esportivo e o religioso são atividades de pouco custos e que trazem muitos resultados”, destacou. Já a participação do representante do Sebrae, José Marcelo Miranda, foi pautada
Iniciativa em Canela
A experiência do Município gaúcho de Canela foi compartilhada pelo prefeito de Canela, Constantino Orsolin, e pelo secretário Ângelo Dias. A iniciativa fez com que a cidade se tornasse referência nas atividades turísticas no Estado. O projeto partiu da ideia de conscientizar a própria população sobre a importância da divulgação do potencial turístico do Município e da valorização no atendimento aos visitantes da cidade.
“Esse país tem uma beleza absurda. É preciso governar dentro da abundância desse potencial”, defendeu o prefeito. “Fizemos a população acreditar que a cidade de Canela tem potencial e convidamos a população participasse desse projeto”, complementou o secretário. O prefeito potiguar de Extremoz, Joaz Oliveira, também fez considerações sobre o Prodetur.
Cultura e Agricultura
A CNM também destacou no painel ações importantes na agricultura e na cultura. Nascimento elencou alguns pontos que os Municípios podem buscar mais informações para viabilizar a gestão. Entre eles, o Plano Safra, o plano municipal do Turismo, investimentos e custeios. “A CNM oferece orientações passo a passo nesses aspectos”, disse.
O painel ainda contou com a participação da prefeita da cidade de Goiás (GO), Selma Bastos. A gestora explicou o funcionamento do Projeto Mulheres Coralinas, que capacitou 150 cidadãs e ofereceu a elas um espaço para comercialização de seus produtos em um importante espaço na cidade.
A palestra foi finalizada com a leitura da Carta Cultura, Turismo e Produção Rural: oportunidades para o Desenvolvimento da Economia Local. O documento será entregue aos candidatos à Presidência da Republica.

Fonte: CNM

Polícia e Ministério Público desarticulam quadrilha que adulterava combustível e prende 23 pessoas


Uma força-tarefa formada por Agentes da Polícia Rodoviária Federal - PRF, Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO/MPPI, Ministério Público do Trabalho - MPTPI e Agência Nacional do Petróleo - ANP deflagrou na manhã desta quarta-feira (23) a Operação Estanque, que desarticulou uma organização criminosa que adulterava combustível no Estado do Piauí. Até o momento 23 pessoas foram presas.
Depois da PRF receber inúmeras denúncias de transporte irregular de combustível, com possíveis adulterações na gasolina transportada (com mistura de água), uso de rebites, bem como o desrespeito às leis trabalhistas, as mesmas foram encaminhadas ao GAECO em função do Termo de Cooperação Técnica firmado entre esses Órgãos.
A partir das informações encaminhas pela PRF, o GAECO iniciou as investigações no transporte e distribuição de combustível, constatando-se diversos ilícitos como: associação criminosa, furto e crimes contra a ordem econômica, tributária e ambiental.
Diante dos fatos, foram expedidos mandados de prisão e de busca e apreensão a serem cumpridos pela PRF.Os mandados estão sendo realizados em Teresina, Capitão de Campos, Timon e Peritoró.
Fonte: Portal AZ

terça-feira, 22 de maio de 2018

Vereador Dimas Medeiros apresentou requerimento solicitando a volta do Desfile Cívico no município

Dimas Medeiros, vereador

O vereador Dimas Rosa Medeiros (PEN), apresentou na sessão de ontem (21), requerimento solicitando a volta do Desfile Cívico no município de Gilbués, o requerimento foi aprovado por unanimidade. Segundo Dimas essa é uma antiga reivindicação dos alunos do município.


CNM mapeia pendências municipais na área de Infraestrutura de Turismo




Representantes da Confederação Nacional de Municípios (CNM) estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira, 16 de maio, com o secretário nacional de Estruturação do Turismo do Ministério do Turismo (Mtur), José Antônio Parente.
Entre os objetivos do encontro está a estruturação de uma estratégia conjunta entre a CNM e o MTur para identificar contratos dos Municípios que tenham alguma pendência na área de Infraestrutura de Turismo. Com esse levantamento, a CNM poderá orientar os gestores municipalistas, durante a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, na solução dos entraves.
Durante a Marcha, os gestores municipais devem procurar o balcão da Área Técnica de Turismo da CNM para identificar se o Município possui alguma pendência. Se houver, os técnicos da entidade darão o direcionamento adequado para a solução da demanda.
Outro tópico tratado na reunião foi sobre procedimentos para o acesso a financiamentos para infraestrutura de turismo através do Prodetur+Turismo. “Estamos possibilitando o acesso a financiamentos. Mas o Município precisa ter capacidade técnica e de crédito para a execução dos projetos”, esclarece o secretário.
Representaram a CNM a técnica de Turismo da entidade, Marta Feitosa, e o colaborador da área de Estudos Técnicos, Hilton Leal. Pelo MTur, também participaram a coordenadora-geral de Atração de Investimentos, Beatriz Kobayashi, a coordenadora-geral de Promoção e Incentivo à Viagens, Roberta Campos, o coordenador-geral de Planejamento Territorial do Turismo, Eduardo Madeira, e o diretor de Ordenamento do Turismo, Rogério Cóser.
A CNM convida os gestores municipais a participarem da arena temática de Desenvolvimento Econômico que, entre outros assuntos, debaterá oportunidades econômicas criativas, sustentáveis e responsáveis para a geração de emprego, renda e melhoria da qualidade de vida da população por meio do setor de turismo. A arena faz parte da programação da XXI Marcha, e será realizada no dia 22 de maio, às 14h.
Fonte: CNM

IBGE aponta crescimento das atividades de turismo em março




O Índice de Atividades Turísticas (Iatur) avançou 2% em março, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O estudo inclui setores como alojamento e alimentação; serviços culturais, desportivos, de recreação e lazer; agências de viagens e operadoras turísticas; além de segmentos de transportes rodoviário, ferroviário e aéreo.
Oito das 12 unidades da Federação pesquisadas acompanharam o crescimento. A maior expansão foi verificada em São Paulo, com expansão de 7,2%. Também tiveram bons desempenhos dois estados nordestinos: o Ceará, com 5,4%, e Pernambuco, com 2,7%; seguidos de Santa Catarina, 2%, e Rio Grande do Sul, 1,9%.
O bom resultado do turismo aparece na contramão do restante do setor de serviços que caiu 0,2% em relação a fevereiro deste ano. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que o setor de turismo vem movimentando cada vez mais a economia do País. Atualmente são 3.285 Municípios em 328 regiões turísticas. A Confederação compreende que o Turismo representa um importante vetor para o desenvolvimento municipal a partir do planejamento da atividade para que a prática seja mais adequada e eficiente a cada realidade.
Com informações da Agência de Notícias do Turismo

domingo, 20 de maio de 2018

Câmara dos Deputados pode votar projeto que regulamenta criação de municípios


O Projeto de Lei Complementar (PLP) 137/15, que regulamenta a criação de municípios no Brasil, é o destaque do Plenário da Câmara dos Deputados a partir de terça-feira (22). A matéria teve o regime de urgência aprovado na última quarta-feira (16) e precisa do apoio de um mínimo de 257 deputados. Hoje, o Brasil tem 5.570 municípios.
Segundo o texto, originário do Senado, os plebiscitos realizados até 31 de dezembro de 2013 e os atos legislativos que autorizam sua realização serão validados para dar prosseguimento aos casos pendentes.
Além de plebiscito, o projeto prevê a realização de estudos de viabilidade com vários critérios financeiros, um número mínimo de habitantes no novo município e uma quantidade mínima de imóveis.
O texto é igual ao do PLP 397/14, um dos dois projetos vetados anteriormente pela então presidente Dilma Rousseff.
Fonte: Portal AZ

Piauí tem a terceira maior taxa de analfabetismo do país


O Brasil conseguiu avançar muito pouco nos últimos anos na missão de erradicar o analfabetismo no país. É o que aponta o novo levantamento, no módulo Educação, da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 
A taxa de analfabetismo da população com 15 anos ou mais de idade no Brasil caiu de 7,2% em 2016 para 7% em 2017. A discreta melhoria foi insuficiente para alcançar o índice de 6,5%, estipulado pelo Plano Nacional de Educação (PNE) para o ano de 2015. Ou seja, o país não conseguiu atingir, até agora, uma meta que era projetada para três anos atrás.
Com uma taxa de 16,6%, o Piauí continua entre os estados com mais analfabetos, proporcionalmente. O índice só é melhor que os do Maranhão (16,7%) e de Alagoas (18,2%).
Na outra ponta, os menores índices foram registrados no Distrito Federal (2,5%), Rio de Janeiro (2,5%), São Paulo (2,6%), Santa Catarina (2,6%) e Rio Grande do Sul (3%).
Na comparação entre os anos de 2017 e 2016, o Piauí apresentou uma modesta melhoria na taxa, passando de 16,7% para os atuais 16,6%. Mas algumas unidades da Federação apresentaram pioras em suas taxas de analfabetismo: Rondônia (de 6,7% em 2016 para 7,2% em 2017), Paraíba (de 16,3% para 16,5%), Pernambuco (de 12,8% para 13,4%) e Paraná (de 4,5% para 4,6%).

Taxa de analfabetismo das pessoas de 15 anos ou mais de idade, segundo as Unidades da Federação (2016/2017):
Em números absolutos, a taxa nacional de analfabetismo, de 7%, representa 11,5 milhões de pessoas que ainda não sabem ler e escrever. A incidência chega a ser quase três vezes maior na faixa da população de 60 anos ou mais de idade, 19,3%, e mais que o dobro entre pretos e pardos (9,3%) em relação aos brancos (4,0%).
Das 27 unidades da federação, 14 já conseguiram alcançar a meta do PNE, mas o abismo regional ainda é grande, principalmente no Nordeste, que registrou a maior taxa de analfabetismo entre as regiões, 14,5%.
As menores foram no Sul e Sudeste, que registraram 3,5% cada. No Centro-Oeste e Norte os índices ficaram em 5,2% e 8,0%, respectivamente.
Meta do PNE era que o país atingisse, ainda em 2015, uma taxa de analfabetismo de 6,5%, mas até hoje ela ainda está em 7% (Imagem: IBGE)
Apenas 68,4% dos alunos do ensino médio estavam na série esperada para a idade
A meta de garantir que 85% dos alunos do ensino médio estejam na idade esperada para a etapa também não foi alcançada. Em 2017, apenas 68,4% dos estudantes estavam na etapa esperada para a idade, mostrando pouca variação em relação a 2016, 68%.
No ensino fundamental, a meta, estipulada em 95%, já havia sido cumprida no ano passado, quando foi registrado 96,5%, subindo para 96,9% em 2017. Porém, ao observar o recorte do 6º ao 9º ano, esse número cai para 85,6%.
“É um efeito dominó. Por exemplo, se o aluno repete um ano no ensino fundamental provavelmente ele vai começar o médio já com atraso. Isso ajuda a explicar porque a taxa é mais crítica nessa etapa”, explica a pesquisadora do IBGE Marina Águas.
Cresce proporção de pessoas com ensino superior e cai número de não escolarizados
Por outro lado, houve aumento no percentual de pessoas com 25 anos ou mais idade com ensino superior completo, passando de 15,3% em 2016 para 15,7% em 2017. Entre os brancos, 22,9 % haviam concluído essa etapa, e na população preta e parda, 9,3%. Em 2016, esses números ficaram em, respectivamente, 22,2% e 8,8%.
Já a taxa de pessoas sem instrução, ou seja, aquelas de 25 anos ou mais que não completaram nenhum ano do ensino fundamental, caiu de 10,7% em 2016 para 8,8% no ano passado. Regionalmente, a maior incidência foi observada no Nordeste, 16,5%, e a menor no Sudeste, 5,5%.

Fonte: Portal O Dia

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Gisleide Alves, mais uma vítima do feminicídio; já são 23 assassinatos

Gisleide Alves

Três dias após o brutal assassinato de Aretha Dantas Claro chocar o Piauí, mais uma mulher foi assassinada a facadas pelo companheiro. Nessa quinta-feira(17), Gisleide Alves dos Santos, de 36 anos, foi encontrada morta dentro da própria residência, no bairro Santa Fé, na zona Sul de Teresina, por volta das 16h. Populares informaram à polícia que o casal havia se conhecido pelas redes sociais. 
Levantamento do Núcleo de Feminicídio, 23 mulheres - incluindo a morte de Gisleide - foram assassinadas somente este ano. 
O suspeito de matar Gisleide foi preso na noite de ontem(17) em uma barreira na PI-130, saída para Nazária. Ele foi identificado como Samuel Lucas e tinha recentemente chegado de São Paulo(SP).
O capitão Gerson Santana, da Companhia Independente do Promorar, informou que o filho da vítima estranhou a ausência da mãe. Ele, que tem 19 anos, foi quem encontrou a mãe morta.
“A primeira informação que nós temos é de que o filho subiu na residência e eu ao chegar no quarto encontrou ela morta. Ele repassou que a vítima convivia com o suspeito e ele falava ser de Ribeirão Preto(SP)”, disse o policial. 
“A informação que também temos é de que eles não moravam juntos, mas que foi visto já com ela na residência e que teriam se conhecido por uma rede social”, acrescentou o capitão Gerson Santana. 
Um morador da região disse ao Cidadeverde.comque eles já tinham uma relação, mas que o casal se separou porque Samuel Lucas teria ido embora para São Paulo. Ele retornou a Teresina há cerca de 20 dias, momento em que eles voltaram a se encontrar.
 
Fonte: CidadeVerde

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Operação contra pedofilia termina com 8 presos e 3 mil CDs apreendidos


A Operação Luz na Infância 2, deflagrada na manhã desta quinta-feira (17) para o combate a crimes de pedofilia, terminou com oito pessoas presas no Piauí.
O balanço foi divulgado pelo delegado Carlos César Camelo. Foram 5 detidos em Teresina, dois em Luís Correia e um em  Parnaíba. Em Luís Correia dois irmãos foram flagrados com cerca de 3 mil CDs e DVDs. Todos com conteúdo pornográfico.
"Esses CDs e DVDs  vão ser periciados. A gente desconfia que alguns deles possuem senha de acesso", disse o delegado.
Ainda de acordo com o delegado, a  polícia tem dez dias para concluir os procedimentos. "Todos foram autuados e temos dez dias para concluir os trabalhos, realizar as perícias", declarou Carlos César.
A operação, que ocorreu simultaneamente em todos os estados do Brasil, foi coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA). As equipes procuravam arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes.
A força-tarefa foi coordenada pelo Ministério Extraordinário da Segurança Pública (MESP).
A operação foi intitulada Luz na Infância por serem bárbaros e obscuros os crimes contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes. Os acusados deste tipo de delito agem nas sombras da internet e devem ter suas condutas elucidadas e julgadas, como a de qualquer criminoso.

Fonte: CidadeVerde

Polícia cumpre 15 mandados contra crime de pedofilia no Piauí


A Polícia Civil iniciou na manhã desta quinta-feira (17) a Operação Luz da Infância 2 para combater crime de pedofilia no Piauí. Ao todo, estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em três cidades do Estado: 11 em Teresina, três em Parnaíba e um em Itainópolis. A polícia informou que suspeitos estão sendo detidos, mas não disse quantos nem de quem se tratam.
O objetivo das diligências é encontrar arquivos com conteúdos relacionados a crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes no Piauí e mais 23 Estados da Federação, além do Distrito Federal. A investigação, iniciada por uma força-tarefa do Ministério da Segurança Pública já dura quatro meses, período no qual a Polícia Civil instaurou os inquéritos e Judiciário expediu os mandados por meio da Central de Inquéritos de Teresina.
Esta é a segunda edição da ação. A primeira etapa da Operação Luz da Infância foi deflagrada em 20 de outubro de 2017, quando foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Durante a apreensão desses matérias nos 24 estados brasileiros mais o Distrito Federal, foram identificadas e presas 112 pessoas que utilizavam estes equipamentos para produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet. Todas as provas materiais que embasaram a primeira edição da operação foram coletadas ao longo de seis meses.
No Piauí, a ação é coordenada pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente e contra com a participação de policiais do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), da Diretoria de Inteligência da SSP-PI, da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática, da Delegacia da Mulher Sul, Delegacia de Entorpecentes e Delegacia de Meio Ambiente. A Polícia Federal também está dando apoio logístico.

Fonte: Portal O Dia

quarta-feira, 16 de maio de 2018

FMS confirma segunda morte por H1N1 e registra mais três casos de suspeita da doença


A Fundação Municipal de Saúde confirmou a segunda morte em decorrência da síndrome respiratória aguda grave pelo vírus H1N1, em Teresina. De acordo com FMS, uma mulher faleceu em um hospital privado no começo do mês de maio. Ela tinha por volta de 50 anos, era diabética, cardiopata e pneumopata.
Em novo boletim foi divulgado nesta terça-feira, 15, o órgão aponta que desde janeiro de 2018, foram confirmados 28 casos de síndrome respiratória aguda grave (casos com necessidade de internação e notificação compulsória) e 18 casos de Síndrome Gripal (casos sem complicações) positivos para h1n1, totalizando 46 casos. Outros três casos estão sendo investigados no momento.
A primeira morte foi de um motorista de iniciais F.L.S, 52 anos. Ele se recusou a ficar internado na primeira ida ao hospital, quando apresentou os sintomas, e quando retornou, já estava em estado gravíssimo.
Estratégias diante do aumento do número de casos de h1n1 na capital
Os diretores das unidades hospitalares da capital estiveram reunidos , nesta manhã, para discutirem estratégias a serem tomadas diante da situação do aumento no número de casos positivos para h1n1 na capital.
O presidente da FMS, Silvio Mendes, lamentou a falta de doses de vacina para toda a população.
 “Infelizmente nós não tivemos a quantidade de doses de vacina para imunizar toda a população, então temos que continuar seguindo as prerrogativas do Ministério da Saúde de vacinar apenas as pessoas do público alvo da campanha. Isso causa ansiedade, porque se anuncia o crescimento de casos. Esses números cresceram mais do que esperávamos e queremos com essa reunião chamar atenção dos diretores para que todos redobrem a atenção aos serviços de urgência dos hospitais de Teresina. Não devemos suportar nenhum tipo de falta de profissionais sem boa justificativa. Temos que manter todo tipo de vigilância para que os pacientes sejam diagnosticados o mais rápido possível para evitarmos complicações de síndromes gripais”, disse.
(Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)
(Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)
A diretora de epidemiologia da FMS, médica Amparo Salmito, falou da importância de manter o paciente com síndrome gripal bem hidratado. “Devemos insistir na hidratação daquele paciente. Urinar transparente. Analisar o quadro clínico e, se necessário utilizar no tratamento do paciente o medicamento antiviral Tamiflu, que pode ser uma medida salvadora”, informou ela. A médica ressaltou ainda que todas as unidades hospitalares de Teresina estão abastecidas com o medicamento.
Vale ressaltar que os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, de notificação compulsória, acontecem entre pessoas com comorbidades, o público alvo da campanha de vacinação. Na rede pública, a vacina contra a gripe está disponível somente para os indivíduos com 60 anos ou mais de idade, as crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade, as gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. Teresina aguarda nova remessa de vacinas que serão enviadas pelo Ministério da Saúde, responsável pelo fornecimento das doses.
Fonte: Portal AZ