terça-feira, 8 de maio de 2018

Área de energias renováveis tem mais de 10 milhões de empregos


A energia limpa, que representa mais de 18% da combinação energética mundial, empregava 10,3 milhões de pessoas no fim de 2017, incluindo as grandes centrais hidrelétricas, 5,3% a mais que no anterior, afirma estudo

O setor em alta das energias renováveis criou no ano passado 500.000 novos empregos e superou a barreira dos 10 milhões pela primeira vez, anunciou nesta terça-feira a Agência Internacional de Energias Renováveis (Irena), com sede em Abu Dhabi.
A energia limpa, que representa mais de 18% da combinação energética mundial, empregava 10,3 milhões de pessoas no fim de 2017, incluindo as grandes centrais hidrelétricas, 5,3% a mais que no anterior, afirmou a Irena em um estudo anual sobre energias renováveis e emprego. China, Brasil, Estados Unidos, Índia, Alemanha e Japão lideram o setor com 70% dos empregos, de acordo com um relatório.
O número total de empregos representa um salto significativo de 47% na comparação com o 2012, com mais de 60% dos postos de trabalho concentrados na Ásia, sobretudo na China. “As energias renováveis se tornaram um pilar de crescimento econômico de baixa emissão de carbono para os governos de todo o mundo, como demonstra o crescente número de empregos criados”, declarou Adnan Amin, diretor geral da Irena.
A expansão do setor de energias renováveis é essencial para alcançar os objetivos do acordo assinado em 2015 em Paris, que pretende manter o aumento da temperatura a no máximo dois graus Celsius. As energias renováveis ficaram mais baratas com os recentes desenvolvimentos tecnológicos, recordou a agência intergovernamental fundada em 2009.
Fonte: Isto É