sábado, 22 de dezembro de 2018

El País: Oeiras é a “Finlândia” brasileira por modelo de educação


A cidade piauiense de Oeiras, a 280 km de Teresina, foi destaque nesta sexta-feira (21) no jornal El País pelo modelo de educação adotado nas escolas do município. Com nota de 7,1 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) no 5ª ano, a cidade foi personagem de uma matéria especial escrita pela repórter Regiane Oliveira, que mostra porque Oeiras se tornou referência no país quando o assunto é ensino.
A reportagem aponta os desafios superados pela gestão da secretária de Educação Tiana Tapety para cultivar o gosto pela leitura e pelos estudos em 6.200 crianças da educação infantil ao 9º ano. O título: “A cidade do Piauí que quer se tornar a Finlândia brasileira da educação”, segundo o El País, é uma referência ao desempenho do ensino no município, que se assemelha aos indicadores da Finlância, país com um dos melhores sistemas de educação do mundo. 
A mudança recente (aconteceu somente em 2017) mudou o cotidiano de alunos e professores. Escolas que antes possuíam um histórico de violência e indisciplina, agora colecionam medalhas de alunos em olimpíadas brasileiras disputadas pelas escolas públicas. O resultado é tão positivo que, segundo a reportagem, três escolas particulares fecharam as portas após perderem alunos para as escolas municipais.
O material também dá destaque para a gestão da secretária de Educação do município que, com vasta experiência na área, conseguiu implementar o modelo inovador de ensino, baseando-se em uma metodologia desenvolvida pelas educadoras Ruthnéia Lima e Osana Morais, que propõe uma alfabetização de forma rápida e efetiva, mesmo quando aplicada a estudantes em situação de extrema vulnerabilidade.

Cim